GloboNews e Record News têm menor diferença de Ibope da história em setembro - TV História

GloboNews e Record News têm menor diferença de Ibope da história em setembro

Whatsapp

Setembro foi histórico para a audiência da Record News. O canal acumulou média de 0,14 ponto ao decorrer dos 30 dias do mês e se aproximou da GloboNews, líder do segmento há quase 24 anos. Apenas 0,05 separaram os dois canais, e o índice representa a menor diferença de toda a história.

A emissora do Grupo Globo fechou o mês com 0,19 ponto no Painel Nacional de Televisão, uma leve queda em relação ao índice de agosto (0,20). Apesar disso, ela subiu uma posição no ranking dos canais mais assistidos: deixou o 12º e passou a ocupar o 11º lugar.

O levantamento obtido pela reportagem do TV História mostra que todos os canais de notícias cresceram na tabela em relação ao mês anterior. A Record News foi de 23º para 20º, a BandNews pulou de 70º para 68º e a CNN Brasil subiu uma posição, indo de 47º para 46º lugar.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Dentre as emissoras do seu gênero, a GloboNews foi a única que perdeu público de setembro para agosto. Vale lembrar, porém, que o canal havia sido beneficiado pelo interesse na cobertura da pandemia do novo coronavírus, que o alçou a marcas nunca vistas em sua história. Agora, ela volta a obter seus índices habituais.

A Record News e a CNN Brasil (0,06) tiveram a mesma audiência em ambos os meses. Eterna lanterninha do setor, a BandNews foi a única que conseguiu crescer em setembro: foi de 0,02 para 0,03 ponto, ganhando exatamente a audiência que foi perdida pela GloboNews.

Os números deste texto são consolidados e tratam todas as emissoras em pé de igualdade, sem distinção entre abertas e fechadas. A Record News, vale lembrar, é o único dos quatro canais noticiosos que tem distribuição em ambas as plataformas. Ainda assim, trata-se da menor diferença histórica entre ela e a GloboNews.



Leia também