Globo se rende ao YouTube para frear pirataria de transmissões de futebol - TV História

Globo se rende ao YouTube para frear pirataria de transmissões de futebol

Whatsapp

A Globo finalmente se rendeu ao YouTube. A partir de agora, o Globo Esporte conta com uma página oficial na rede social de vídeos, para a publicação de melhores momentos das transmissões dos jogos de futebol, além de conteúdos criados com exclusividade para a plataforma digital.

O perfil do GE na rede social foi criado há três semanas e, sem alarde, já estava incluindo compactos de jogos do Brasileirão e da Copa do Brasil. Dentre os conteúdos já disponibilizados, também estão sátiras de personalidades do meio esportivo, como Leila Pereira e Jorge Jesus. Também foi prometida a criação de uma nova plataforma para baixar e compartilhar vídeos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A divulgação da novidade começou na noite de terça-feira (15). O escolhido para ser o rosto da campanha de lançamento da página foi o apresentador Lucas Gutierrez — ativo nas redes sociais, ele é querido pelo público graças ao seu estilo descontraído na condução do Segue o Jogo e do Esporte Espetacular.

Além de ter o intuito de se aproximar do público mais jovem, a chegada do Globo Esporte no YouTube tem como intuito finalmente coibir a pirataria das transmissões esportivas da Globo, SporTV e Premiere.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A reportagem do TV História apurou que executivos da emissora não ficaram felizes ao descobrir que perfis ilegais chegavam a faturar mais de R$ 10 mil mensais com conteúdos pertencentes ao Grupo Globo.

Com um perfil oficial na rede social, a equipe de direitos autorais da Globo passa a ter acesso a ferramentas mais eficientes para a remoção de vídeos pirateados, e também passa a faturar com os conteúdos publicados por ela. Até a publicação deste texto, a recém-criado página do GE já acumulava mais de 157 mil inscritos.

Colaborou Thell de Castro

Whatsapp


Leia também