Mudou: Globo descarta estratégia da versão original de Renascer

Emissora carioca optou por deixar de lado estratégia utilizada com sucesso em 1993

Whatsapp

Falta pouco para o remake de Renascer ganhar as noites da Globo. A trama de Benedito Ruy Barbosa, que ganhará uma nova roupagem pelas mãos de seu neto, Bruno Luperi, substituirá Terra e Paixão a partir do dia 22 de janeiro. Mas, diferente do que aconteceu na história original, quando o autor e o diretor Luiz Fernando Carvalho resolveram lançar um novo ator em papel de destaque – Leonardo Vieira, que viveu o protagonista José Inocêncio na primeira fase do folhetim – a atualização será diferente.

Renascer - Leonardo Vieira e Patrícia França
Patricia França e Leonardo Vieira em Renascer (Jorge Baumann / Globo)

O sucesso da novela de 1993 catapultou a carreira de Leonardo, que se tornou um dos mais festejados galãs dos anos 1990. Mas, desta vez, as coisas serão diferentes. O remake de Renascer, com texto de Bruno Luperi e direção de Gustavo Fernandez, optou por um ator já tarimbado para viver o marcante personagem. Caberá a Humberto Carrão viver o “coronelzinho” na juventude.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sucesso

Leonardo Vieira em Sonho Meu
Leonardo Vieira em Sonho Meu (Reprodução / Globo)

A primeira fase de Renascer fez um enorme sucesso junto ao público, que se envolveu com a história de amor entre José Inocêncio e Maria Santa (Patrícia França). O êxito levou Leonardo Vieira ao estrelato. O ator já havia participado de A História de Ana Raio e Zé Trovão (1991) na Manchete, mas foi em Renascer que ele se tornou um dos galãs mais festejados dos anos 1990.

Mesmo tendo participado de poucos capítulos, o ator caiu nas graças do público e se tornou um ídolo da TV. A Globo, de olho na popularidade do jovem galã, não perdeu tempo e logo o escalou para outro papel de destaque: Lucas, o mocinho de Sonho Meu (1993), trama das seis assinada por Marcílio Moraes.

Leia mais

Na nova novela, ele repetiu o par romântico com Patrícia França, que vivia a protagonista Claudia. Mais uma vez, o casal caiu nas graças do público e Sonho Meu foi um dos principais sucessos da faixa das seis da emissora na década de 1990.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Veterano

Humberto Carrão e Duda Santos em Renascer
Humberto Carrão e Duda Santos em Renascer (divulgação/Globo)

Mas, ao contrário do que aconteceu na primeira versão, a nova Renascer não vai lançar um novo galã em sua primeira fase. O ator Humberto Carrão foi o escolhido para interpretar José Inocêncio na primeira fase do remake, que vai estrear no início do próximo ano.

Ao contrário de Leonardo Vieira em 1993, Carrão já é um veterano da TV. O ator aparece na telinha desde os nove anos de idade, quando atuou na novela infantil Bambuluá (2000). Como “ator mirim”, o artista também atuou em Malhação (2004) e Bang Bang (2005), entre outros trabalhos.

A carreira nos folhetins deslanchou de vez em 2010, ano em que interpretou Luti no remake de Ti Ti Ti. Depois, vieram outros trabalhos marcantes, como Cheias de Charme (2012), Sangue Bom (2013), Geração Brasil (2014), A Lei do Amor (2016) e Amor de Mãe (2019). Recentemente, ele pode ser visto como o mocinho Rafael em Todas as Flores (2022), trama do Globoplay que foi exibida na Globo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dose dupla

Renascer - Marco Ricca, Marcos Palmeira e Tarcísio Filho
Renascer – Marco Ricca, Marcos Palmeira e Tarcísio Filho (Foto: Divulgação / Globo)

A nova versão de Renascer, portanto, marca a volta de Humberto Carrão aos folhetins. E por pouco não foi em dose dupla. Isso porque o ator foi cotado para viver dois personagens e participar, então, das duas fases da novela.

Após viver José Inocêncio na primeira fase, Carrão participaria da segunda parte da história como um dos quatro filhos do protagonista, que será interpretado por Marcos Palmeira.

Mas os planos mudaram e o ator escalado para viver José Bento em Renascer foi Marcello Melo Jr.

Whatsapp


Leia também