Globo dá chance para autor corrigir maior defeito de suas novelas

Após repetir erro em todas as suas obras, autor terá a chance de se redimir em novela da emissora

Whatsapp

André Santana

A direção da Globo ficou tão satisfeita com o bom desempenho de Mar do Sertão (2022) que tratou de apressar o retorno do autor Mário Teixeira ao vídeo. O novelista foi escalado para assinar uma trama nos mesmos moldes da anterior, que deve substituir Elas por Elas em 2024.

Mar do Sertão - Giovana Cordeiro
Giovana Cordeiro como Xaviera em Mar do Sertão (Reprodução / Globo)

A volta ao ar pode servir para que Teixeira busque corrigir um erro que costuma cometer em todas as suas novelas. O autor ficou conhecido por “queimar a largada”, com primeiros capítulos apressados que esgotam a trama em pouco tempo. Mar do Sertão, que teve como um des seus maiores destaques a espevitada Xaviera (Giovana Cordeiro), sofreu com isso.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ritmo alucinante

Renato Góes e Sergio Guizé - Mar do Sertão
Renato Góes e Sergio Guizé em Mar do Sertão (Reprodução / Globo)

Mar do Sertão girava em torno do trio Candoca (Isadora Cruz), Zé Paulino (Sergio Guizé) e Tertulinho (Renato Góes). Candoca e Zé Paulino eram um casal apaixonado, mas Tertulinho buscava separá-los para poder ficar com ela. Quando o rival é dado como morto, o riquinho conquista a mocinha e se casa com a futura médica. Porém, dez anos depois, Zé Paulino reaparece vivo, rico e disposto a se vingar de Tertulinho.

Leia mais

A dinâmica do triângulo amoroso central poderia render alguns meses de novela. No entanto, o autor Mário Teixeira resolveu tudo em poucas semanas. O novelista imprimiu um ritmo tão apressado a Mar do Sertão que acabou pulando etapas, tudo em nome de uma agilidade que se revelou pouco eficiente.

O público não teve tempo de se envolver com o casal Candoca e Zé Paulino. O autor também poupou a audiência de testemunhar o luto da mocinha, com passagens de tempo constantes. Além disso, Teixeira nunca explicou exatamente o que aconteceu com Zé Paulino nos dez anos que ficou longe.

O retorno dele também não rendeu frisson. Além disso, Candoca decidiu voltar para os braços de seu grande amor pouco tempo depois que Zé Paulino reapareceu. O casal principal, então, ficou junto a novela toda, sem um obstáculo realmente forte. A vingança de Zé Paulino também não aconteceu. O mocinho pouco fez ao longo da trama.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Reincidente

Autor Mário Teixeira
Autor Mário Teixeira (Reprodução / Web)

Mas não é a primeira vez que Mário Teixeira derrapa nesse sentido. Em 2015, o autor assinou I Love Paraisópolis com Alcides Nogueira e a trama também ficou marcada pelo ritmo inicial apressado e um marasmo inexplicável depois. O maior erro foi unir o casal Mari (Bruna Marquezine) e Ben (Mauricio Destri) bem antes do final, esgotando a trama principal.

Sozinho, Mário Teixeira assinou O Tempo Não Para (2018), que passou pelo mesmíssimo problema. A trama das sete encantou o público com seu plot criativo: uma família do século 19 passa anos congelada e desperta nos tempos atuais.

Mas, após o bom início, a trama perdeu fôlego. O autor esgotou as possibilidades rapidamente e, mais uma vez, uniu o casal principal bem antes do fim da trama. Marocas (Juliana Paiva) e Samuca (Nicolas Prattes) não tinham conflitos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Hora de Mário Teixeira corrigir as falhas

Mar do Sertão - Débora Bloch
Débora Bloch em Mar do Sertão (Estevam Avellar / Globo)

Agora, Mário Teixeira trabalha em No Rancho Fundo, trama das seis que deve substituir Elas por Elas. A Globo encomendou ao autor uma novela nos mesmos moldes de Mar do Sertão, ou seja, uma comédia romântica interiorana.

O novo folhetim se passará na fictícia Lasca Fogo, no Cariri, e contará a história de Quinota, que é seduzida por Marcelo. Sua mãe, Zefa Leonel (Andrea Beltrão), obriga o casal a oficializar a união. Porém, Marcelo acaba fugindo para a cidade grande, fazendo Zefa e Quinota irem atrás dele. Na cidade, a mocinha se apaixona por Artur.

A trama é livremente inspirada na peça A Capital Federal, de Artur Azevedo, mas o autor Mário Teixeira promete trazer várias referências de Mar do Sertão. Tanto que alguns personagens da trama de 2022 retornarão, como Sabá Bodó (Welder Rodrigues), Cira (Suzy Lopes) e até Deodora (Débora Bloch).

Resta saber se o autor aprendeu com os erros passados e vai contar a história de No Rancho Fundo com menos pressa. Porém, dado o histórico do profissional, é bem possível que ele esgote a trama principal rapidamente. A conferir.

Whatsapp


Leia também