Galã de novelas da Globo, ator de A Favorita virou vendedor ambulante

Whatsapp

Galã dos anos 1980 e 1990, Mário Gomes fez enorme sucesso nas novelas da Globo. O ator esteve presente em muitas produções exibidas nos horários das seis e da sete. Já na famosa faixa das oito, foram poucas tramas: Duas Vidas (1976), Sol de Verão (1982) e Rainha da Sucata (1990) – aqui, em uma breve participação. Em 2008, ele teve a chance de voltar ao horário nobre com A Favorita.

Mário Gomes

Convidado por Ricardo Waddington, Mário viveu Gurgel, homem sem escrúpulos e muito ambicioso, porém totalmente preguiçoso. Casado com Amelinha (Bel Kutner) – a parceira ideal, já que não possuía ética alguma –, Gurgel era um pai que mal ligava para seus filhos Tiago (Renan Mayer) e Carolina (Sofia Terra). Além disso, ele comandava uma agência de marketing político, que nunca teve êxito em eleger seus clientes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Satisfação no horário nobre

A Favorita

Leia mais

Em entrevista ao jornal Globo, em 2008, Mário Gomes celebrou o chamado para o folhetim, atualmente em reprise no Vale a Pena Ver de Novo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Fazer uma novela das 21 h é legal porque todo mundo te vê, né? Mas quando me chamaram, não estava preocupado com isso. Se fosse uma novela das 16h, também estava bom. Eu quero é ir para o Projac. Sabe qual é o lugar onde me sinto melhor hoje? No Projac. Se eu estiver trabalhando, está tudo bem na minha vida”, ressaltou.

Ele também demonstrava satisfação ao trabalhar em um roteiro desenvolvido por João Emanuel Carneiro. Na mesma matéria, Gomes contou que todo o sucesso conquistado ao longo dos anos não lhe fez muito bem.

“Fiquei um pouco desorientado. Sucesso é subjetivo. Não sei se me subiu à cabeça. Fiz muita análise”, revelou.

No entanto, o personagem acabou tendo pouco destaque. O artista falou publicamente sobre esse fato alguns anos depois.

“A última vez que fiz novela na Globo não deixaram meu personagem se desenvolver. Muito doloroso. Minha participação não podia crescer”, explicou o ator, falando sobre a novela, ao programa Domingo Show, da Record.

Em seguida, Mário saiu da Globo e foi para a Record, onde fez Poder Paralelo (2009), Vidas em Jogo (2011) e Pecado Mortal (2013).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De ator a vendedor de sanduíches

Mario Gomes

Afastado da televisão durante algum tempo, o ator não conseguiu ficar parado: uma das suas ocupações foi vender sanduíches na praia, no Rio de Janeiro, fato que chamou muito a atenção da mídia.

No mesmo 2017 em que virou notícia com o empreendimento, ele voltou à Globo, convidado para uma participação especial em Tempo de Amar, interpretando Eleutério.

Mario Gomes

Atualmente, com 69 anos, Mário Gomes ampliou seu negócio de alimentação: abriu um trailer na praia, chamado X do Gomes, onde vende, além de lanches, produtos como açaí e croissants. A família dele também participa do atendimento.

“Eu sou muito ativo, não consigo ficar parado: construo móveis, pinto quadro, faço obras para colocar na minha casa”, disse ele para explicar que sua barraquinha de hambúrgueres na praia da Joatinga, no Rio de Janeiro, “é fruto também dessa inquietação”, em entrevista ao Gshow, em 2018.

“Estou tranquilo, curtindo muito essa fase atual da minha vida. Ser ator parece fácil, mas é puxado”, declarou em entrevista à Sônia Abrão.

Whatsapp


Leia também