Fora de Terra e Paixão, artista ganha papel em outra novela da Globo

Whatsapp

Parceiro de Walcyr Carrasco em vários trabalhos, como Eta Mundo Bom (2016, foto abaixo), Ary Fontoura ficou de fora de Terra e Paixão, novela do autor que substituiu Travessia, de Gloria Perez, às nove. O veterano, porém, fechou nova parceria: Ary integra o elenco de Fuzuê, primeira trama de Gustavo Reiz na Globo.

Eta Mundo Bom - Ary Fontoura e Elizabeth Savala
Reprodução / Globo

A estreia da sucessora de Vai na Fé está prevista para agosto. Ainda não há detalhes sobre o personagem entregue a Fontoura, cuja escalação foi confirmada pelo jornalista Flavio Ricco, do portal R7. A escalação do ator se dá após o pedido dele para voltar ao trabalho.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“A aposentadoria é o final de tudo”

Chocolate com Pimenta - Ary Fontoura e Mariana Ximenes
João Miguel Júnior / Globo

Em recente entrevista a Leonardo Volpato, da Folha de São Paulo, Ary Fontoura revelou o interesse em seguir trabalhando.

“Tudo requer oportunidades, fazer bons trabalhos, mas o sucesso está sempre escondidinho. Só na Globo estou faz 58 anos com currículo grande. Mas continuo sempre procurando trabalho e mantendo contatos. Na terceira ou quarta idade, você não é mais um garoto e os problemas físicos são considerados”, declarou.

Leia mais

“A rotina de gravações… São 10 horas diárias. Mas consigo papéis bons. Sempre tem um vovô, um titio, a idade não é impeditiva, ao contrário, ela por vezes é mais importante pela experiência adquirida. A aposentadoria é o final de tudo, e uma palavra esquisita para mim e não me atrai”, complementou Ary.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mudança de ares

Walcyr Carrasco
Estevam Avellar / Globo

Posteriormente, em bate-papo com a revista Caras, o ator comentou o “afastamento artístico” de Walcyr Carrasco (foto acima).

“As pessoas alinham os trabalhos do Walcyr ao meu, mas tem trabalhos que ele faz que não há nada para mim. Por exemplo, ‘Verdades Secretas’. Só se eu fizesse o papel da Camila (Queiroz), a Angel. […] O Walcyr às vezes é ingrato e esquece da gente”, brincou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Boas relações

A Favorita - Ary Fontoura e Patricia Pillar
Divulgação / Globo

Ary Fontoura integrou folhetins de diversos autores em sua longa trajetória na Globo. Com Dias Gomes, ele dividiu os louros de Assim na Terra como no Céu (1970), O Espigão (1974), Saramandaia (1976) e Roque Santeiro (1985). Com Walcyr Carrasco, fez Chocolate com Pimenta (2003), Caras e Bocas (2009), Amor à Vida (2013) e Eta Mundo Bom.

Na pele de Nonô Correa, Ary brilhou em Amor com Amor se Paga (1984), de Ivani Ribeiro. Pitágoras Mackenzie, de A Indomada (1997), rendeu prêmios a ele e aos autores Aguinaldo Silva e Ricardo Linhares. O Silverinha, de A Favorita (2008, foto acima), ganhou peso graças ao trabalho do veterano e à confiança depositada nele por João Emanuel Carneiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nova novela das sete vem aí

Lilia Cabral e Marina Ruy Barbosa
Reprodução / Instagram

Em Fuzuê, Ary Fontoura vai estar ao lado de Edson Celulari, Lilia Cabral, Olivia Araujo, Giovana Cordeiro, Marina Ruy Barbosa, Nicolas Prattes, Felipe Simas, Heslaine Vieira, Juliano Cazarré, Douglas Silva e Nathalia Timberg, em participação. A direção artística é de Fabrício Mamberti.

A próxima trama das sete acompanha a busca por um tesouro escondido há mais de 300 anos, no terreno que hoje abriga a loja de artigos populares Fuzuê. O empreendimento de Nero Braga e Silva (Edson Celulari) é alvo da cobiça da socialite Preciosa Montebello (Marina Ruy Barbosa), filha de Bebel (Lilia Cabral).

A propriedade de Nero também aguça a curiosidade de Luna (Giovana Cordeiro). Vendedora de biojoias, ela busca pela mãe, Maria Navalha (Olivia Araujo), que desapareceu após ser vista na loja, com um mapa nas mãos. Luna vai despertar o interesse de Miguel (Nicolas Prattes), herdeiro da Fuzuê.

Whatsapp


Leia também