Fora da TV há quatro anos, Rita Lisauskas está em negociação avançada com a CNN Brasil - TV História

Fora da TV há quatro anos, Rita Lisauskas está em negociação avançada com a CNN Brasil

Whatsapp

A jornalista Rita Lisauskas, que ganhou projeção nacional após reclamar publicamente do atraso de salários na RedeTV!, poderá ser um dos principais reforços para a CNN Brasil no próximo ano. Ela está fora da televisão desde janeiro de 2016, após uma rápida passagem pela Record.

As negociações do canal de notícias com ela estão avançadas, e caminham para um desfecho positivo nas próximas semanas. Sua contratação depende apenas de alguns ajustes orçamentários que estão sendo discutidos para 2021.

O TV História apurou que a direção da CNN Brasil tem interesse em incluir Rita Lisauskas como uma das debatedoras do Liberdade de Opinião. Nas redes sociais, ela se posiciona contra o governo de Jair Bolsonaro e costuma emitir comentários progressistas, com alinhamento mais à esquerda.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Além disso, o seu nome é visto com bons olhos para integrar o time do CNN Brasil+, serviço de streaming que a emissora lançará entre janeiro e março do próximo ano — Márcio Gomes terá um jornal exclusivo na nova plataforma, por exemplo.

Rita Lisauskas foi a primeira âncora do RedeTV! News e ficou na bancada do noticiário durante quase sete anos, entre 2005 e 2012. Depois de sua saída do canal, assinou contrato com a Band para ser repórter, e chegou a apresentar o Jornal da Band nos finais de semana e feriados.

Há seis anos, atua também no Estadão e na rádio pertencente ao jornal, a Eldorado. Em seu Twitter, ela acumula mais de 80 mil seguidores e não se esquiva de polêmicas: nesta terça (1), afirmou que se sente “honrada” em fazer parte da lista de nomes proibidos de aparecer na RedeTV!.



Leia também