Filho de Bolsonaro entra com notícia-crime contra William Bonner e Renata Vasconcellos

Whatsapp

A TV Globo e a família Bolsonaro continuam em pé de guerra. Na tarde desta sexta (6), advogados do senador Flávio Bolsonaro protocolaram uma notícia-crime na DRCI do Rio de Janeiro exigindo que a delegacia apure um suposto crime de desobediência cometido por William Bonner e Renata Vasconcellos, titulares do Jornal Nacional.

A defesa do filho do presidente afirma que a dupla e o telejornal da Globo descumpriram uma ordem judicial que proibia o canal de informar o público sobre o desenrolar das investigações sobre a denúncia do Ministério Público no caso da “rachadinha” no gabinete do parlamentar na Alerj.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

De acordo com a notícia-crime, obtida em primeira mão pela revista Veja, os advogados citam o fato da emissora ter divulgado dados do depoimento de Luiza Souza Paes, ex-assessora do senador, que confirmava a existência do esquema de transferência de parte dos salários para Fabrício Queiroz, apontado como operador do esquema de corrupção.

Além da ocorrência, os advogados de Flávio Bolsonaro entraram com uma ação na 33ª Vara Cível do Tribunal de Justiça do Rio exigindo que a TV Globo receba multas de R$ 500 mil toda vez que exibir reportagens sobre a sua investigação.

Os dois âncoras do Jornal Nacional devem ser convocados para prestar depoimentos na Delegacia de Repressão aos Crimes de Informática nos próximos dias. Por enquanto, a determinação da juíza Cristina Serra Feijó segue válida e a Globo não pode divulgar nenhuma informação sobre o suposto esquema de rachadinha que envolve o senador.

Whatsapp


Leia também