De fiascos a fenômenos, streaming já conta com mais de 150 novelas disponíveis

Whatsapp

Em coluna publicada no ano passado aqui no TV História, Nilson Xavier questionou se é possível maratonar as novelas como se fossem séries. O público que não tem tempo de acompanhar as atuais tramas na televisão aberta ou quer rever sucessos (ou fiascos) do passado pode assistir, atualmente, mais de 150 novelas nas plataformas de streaming.

Confira as principais opções:

Globoplay

Maior serviço on demand nacional, com 30 milhões de usuários, o Globoplay conta com a força do acervo da Rede Globo e oferece 126 novelas.

Leia mais

O cardápio é bastante variado: estão disponíveis, na íntegra, desde fenômenos de audiência como O Bem-Amado (1973), Vale Tudo (1988), Tieta (1989), Mulheres de Areia (1994) e Avenida Brasil (2012), até tramas que não tiveram boa audiência, como Tempos Modernos (2010), Em Família (2014), Babilônia (2015), A Lei do Amor (2016) e O Sétimo Guardião (2018), entre outras.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Há alguns meses, o Globoplay tem acrescentado em seu sistema novelas antigas da Globo – uma lista com 50 produções foi anunciada, com nova entrada a cada 15 dias. Dessa forma, além de Vale Tudo, passaram a integrar a lista Meu Bem, Meu Mal (1990), A Favorita (2008), A Indomada (1997), Fera Radical (1988) e Torre de Babel (1998), entre outras. Em março, estrearam Vamp (1991), Mulheres de Areia (1994) e a minissérie Os Maias (2001); em abril, entram no ar Cabocla (2004) e Roda de Fogo (1986). O público ainda aguarda as próximas novidades que virão.

Atual cartaz do Vale a Pena Ver de Novo, o remake de Ti Ti Ti (2010) pode ser visto na íntegra, bem como outras tramas sempre cotadas para a faixa, como Insensato Coração (2011) e Morde & Assopra (2011). A plataforma ainda disponibiliza algumas tramas somente em suas versões para a faixa de reprises da Globo, como Anjo Mau (1997), Por Amor (1997) e Da Cor do Pecado (2004).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As atuais novelas da Globo – Salve-se Quem Puder e Amor de Mãe, além das edições especiais de A Vida da Gente e Império, que volta na próxima segunda (12), também podem ser conferidas.

A mais recente novidade foi a compra dos direitos de exibição da mexicana A Usurpadora (1998), trunfo do SBT. O ato pode abrir caminho para exibição de outras tramas da Televisa.

PlayPlus

Serviço de streaming da Record, o PlayPlus oferece mais de 30 opções de novelas para o público. Assim como o Globoplay, os assinantes podem conferir, na íntegra, tramas de êxito como A Escrava Isaura (2005), Prova de Amor (2005) e Os Dez Mandamentos (2015), além de fracassos, como Máscaras (2012).

Não existem produções anteriores a 2005, como Louca Paixão (1999), Vidas Cruzadas (2000) e Marcas da Paixão (2000), muito menos fiascos como Metamorphoses (2004). Ainda não se sabe se a Record pretende incluir essas tramas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

SBT Vídeos

Mais modesto, no entanto totalmente gratuito, o SBT Vídeos oferece menos opções de novelas. A mais antiga é Esmeralda (2004), seguida por Revelação (2009) e a fracassada Amor e Revolução (2010). Depois disso, ocupam espaço as tramas infantojuvenis, como Carrossel (2012), Cúmplices de um Resgate (2015), Carinha de Anjo (2016) e As Aventuras de Poliana (2018).

O canal de Silvio Santos conta apenas com próprias produções recentes no sistema, além das mexicanas em exibição. Não espere ver Éramos Seis (1994), porque os direitos da história pertencem à Globo. Outras novelas da casa dos anos 1990, no entanto, poderão ser incluídas no futuro, como As Pupilas do Senhor Reitor (1994), Sangue do Meu Sangue (1995), Fascinação (1998) e Canavial de Paixões (2003).

Netflix e Prime Video

Líder mundial, a Netflix conta com a segunda versão de Chiquititas (2013), atualmente sendo exibida em edição especial pelo SBT. A plataforma já ofereceu tramas da Record, como Escrava Mãe (2016) e A Terra Prometida (2017), ambas da Record, além de algumas produções estrangeiras.

O Prime Video, da Amazon, não conta com nenhuma produção nacional em seu catálogo, mas oferece tramas como as mexicanas O Que a Vida Me Roubou, Teresa, Acorrentada e a portuguesa Ouro Verde, entre outras.

Vale sempre lembrar: as plataformas estão constantemente atualizando seus catálogos, inserindo e retirando produções muitas vezes sem aviso prévio.



Leia também