Ex-BBB e paraplégico: quem é Fernando Fernandes, apresentador do No Limite

Whatsapp

Com o fim do Big Brother Brasil, a Globo já tem um novo reality show: a sexta temporada do No Limite estreia nesta terça (3), somente com participantes anônimos. A grande novidade está na apresentação, que será feita por Fernando Fernandes.

Fernando Fernandes

Ele, que também é atleta, começou cedo nos esportes, sendo jogador de futebol e boxeador. Como modelo, ele trabalhou em campanhas internacionais, como da Dolce & Gabbana e Abercrombie & Fitch.

Em 2002, ganhou fama nacional quando participou da segunda temporada do BBB. Envolvido em brigas e polêmicas na casa, o modelo foi eliminado na terceira semana do programa.

Leia mais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Polêmicas e acidente

Fernando Fernandes

Fora do reality, Fernando se envolveu em uma polemica quando, em 2005, foi acusado de racismo após se envolver em um acidente de trânsito.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a Folha de S.Paulo, o ex-BBB teria chamado o bombeiro Nilton Jorge Oliveira Filho de “macaco”. Ele foi preso por injúria racial, desacatado a autoridade e lesão corporal, deixando a cadeia após pagar fiança.

Em 4 de julho de 2004, sua vida mudaria para sempre. Durante a madrugada, enquanto dirigia na zona sul da capital paulista, Fernando acabou sofrendo um grave acidente.

Fernando Fernandes

Ele foi levado ao hospital e fez uma cirurgia na coluna. O artista quebrou duas vértebras, sendo necessário realizar um procedimento para a descompressão de sua medula.

Fernando sobreviveu com sequelas, que o deixaram paralisado da cintura para baixo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Paratleta campeão

Fernando Fernandes

Recuperado do acidente, o apresentador começou a praticar canoagem, tornando-se um paratleta bicampeão mundial e sul-americano da modalidade. A história de superação do ex-BBB foi notícia em diversos veículos, o que o levou de volta aos holofotes.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 2012, Fernando foi convidado para apresentar o quadro Desafio sem Limites, dentro do Esporte Espetacular.

“Numa conversa com a Rosane Araújo (editora-chefe do programa), contei que estava praticando algumas atividades esportivas radicais e gravando tudo. Ela achou interessante e resolveu transformar minha iniciativa no quadro. Busquei tais desafios para me reencontrar como atleta e provar, para mim mesmo, que sou capaz. Espero agora influenciar outras pessoas”, disse Fernando em entrevista ao jornal O Globo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Depois disso, ele não parou mais. Foi um dos apresentadores do Jogos Paralímpicos de 2012, 2016 e 2020, além de comandar um programa no canal a cabo Off, Além do Caminhos do Vento.

Agora, ele substitui André Marques na condução do No Limite.

“Eu sou um cadeirante. Se eu não estiver bem o tempo inteiro, eu não consigo sobreviver. Eu treinei desde que eu recebi o convite do Boninho. É o momento mais importante da minha vida. Eu vou usar tudo o que adquiri, para colocar aqui em prática. Tudo o que eu tinha para dar, está aqui”, enfatizou o apresentador ao Gshow, mostrando que para ele, não existem limites para viver novos desafios.

Whatsapp


Leia também