Estrela da Globo enfrentou transtorno psiquiátrico no auge da carreira

Whatsapp

Estrela de várias novelas da Globo, Marcos Pasquim revelou ter passado por um transtorno psiquiátrico que acabou lhe trazendo muitos contratempos: a agorafobia.

Guerra e Paz

Trata-se de um distúrbio que, em geral, se desenvolve após o paciente ter pelo menos uma crise de pânico. O agorafóbico começa a temer, de uma hora para outra, sintomas de pânico.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O ator enfrentou a doença entre 2002 e 2006, tendo a primeira crise quando protagonizava O Quinto dos Infernos e enfrentando o problema enquanto fazia tramas como Kubanacan, A Lua me Disse, Bang Bang e Pé na Jaca, todas elas com papéis de destaque.

“Tive medo de morrer e perdi até a libido”, declarou o artista ao site Notícias da TV, em 5 de setembro de 2018.

“Eu estava no banho e, de repente, sem mais nem menos, meu coração disparou. Tive uma taquicardia muito forte e pensei: ‘Meu Deus, vou morrer'”, completou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Alta médica

Marcos Pasquim

Ele também teve crises em viagem aos Estados Unidos e na ponte aérea entre Rio e São Paulo, quando estava no avião.

“Acho que as pessoas imaginaram naquele momento que eu havia me drogado, mas eu estava tendo um ataque da doença”, explicou.

Posteriormente, ele teve sua medicação ajustada pelo médico e não desenvolveu novos sintomas. Largou as medicações quatro anos depois, aos poucos, e teve alta médica.

Atualmente com 53 anos, Pasquim participou, nos últimos anos, de tramas como Saramandaia, Babilônia e O Tempo Não Para, seu último trabalho na televisão até o momento.

No ano passado, ele participou de um episódio do programa Te Devo Essa! Brasil, do SBT.

Whatsapp


Leia também