Esquecida, primeira novela de Wagner Moura na Globo estreava em 2005 - TV História

Esquecida, primeira novela de Wagner Moura na Globo estreava em 2005

Whatsapp

No dia 18 de abril de 2005, a dupla Miguel Falabella e Maria Carmem Barbosa voltava a escrever uma novela. Nesse dia, a Globo estreava A Lua me Disse na faixa das sete. A trama também marcou a estreia de Wagner Moura no gênero.

A missão era clara: levantar o Ibope da emissora, que caiu com a antecessora, a soturna Começar de Novo, de Antonio Calmon. Para mudar o clima, os autores fizeram uma trama marcada pela estética colorida e pelo mais puro melodrama.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Nosso colunista Nilson Xavier, em seu site Teledramaturgia, destacou que A Lua me Disse não chegou a empolgar o público, mas conseguiu elevar a audiência da faixa. “A sua maior qualidade foi a trama redonda, bem costurada, e o texto caprichado. Não foi um sucesso popular, mas foi bem avaliada pela crítica especializada”, enfatizou.

A novela contava a história de Heloísa (Adriana Esteves), moradora do Beco da Baiúca, vila fictícia localizada no bairro de Jacarepaguá, na zona oeste do Rio de Janeiro.

Aos 16 anos, ela vai trabalhar como baby-sitter da pequena Branca e torna-se muito amiga de sua mãe, Regina Benate (Maitê Proença), mulher de um dos sócios do banco Benate Bogari.

O destino coloca em seu caminho o jovem Ricardo Bogari (Frank Borges), filho do sócio do marido de Regina. Os dois se apaixonam, e Heloísa engravida. Disposto a se casar com a moça, Ricardo enfrenta a oposição da mãe, a controladora Ester (Zezé Polessa), mas morre em um acidente de carro.

Grávida na adolescência, Heloísa conta com o apoio dos pais, Diva (Pepita Rodrigues) e Alberto (Otávio Augusto), e consegue estruturar sua vida. Ester culpa Heloísa pela morte do filho e não lhe dá nenhum suporte. Rancorosa, concentra suas energias em conseguir a guarda do neto.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Gustavo (Wagner Moura), o filho mais velho de Ester, sempre se sentiu rejeitado pela mãe. Ele sofre muito com a morte do irmão e, por conta disso, joga-se de cabeça nos negócios da família. Embora não aprove as atitudes da mãe em relação à Heloísa, evita pensar no assunto, para não entrar em choque com ela e, também, porque ama Heloísa em segredo.

Além do romance do casal, A Lua me Disse contou com a loja Frango com Tudo Dentro, uma espécie de shopping, onde se podia comprar de tudo, como os antigos magazines. A ideia surgiu após um jantar dos autores: Maria Carmem preparou um frango recheado e Falabella batizou a receita com o nome que viria a ser utilizado no estabelecimento.

Depois de atuar em produções como A Grande Família, Fazendo História, Cena Aberta, Carga Pesada, Homem Objeto e Sexo Frágil, Wagner Moura estreava em novelas como o protagonista Gustavo. Depois, fez somente mais um trabalho do gênero: Paraíso Tropical (2007), quando viveu o vilão Olavo. Além disso, esteve na minissérie JK (2006).

A Lua me Disse ainda contou com Pepita Rodrigues, que voltava às novelas após 24 anos, e Cássio Scapin, estreando na Globo após se destacar como o Nino, do Castelo Rá-Tim-Bum, da TV Cultura.

Após 143 capítulos, a trama terminou em 30 de setembro de 2005, registrando 40 pontos de média e 44 de pico em seu desfecho. A média geral foi de 33 pontos, a quarta pior da faixa até então. No entanto, depois dela, veio um desastre: Bang Bang.



Leia também