Em Êta Mundo Bom!, Sandra consegue raptar Filomena - TV História

Em Êta Mundo Bom!, Sandra consegue raptar Filomena

Whatsapp

Em Êta Mundo Bom!, mesmo após fracassar em diversos planos, Sandra (Flávia Alessandra) insiste em cometer suas maldades. Depois de perder todo o dinheiro no tribunal, a loira não se conforma em ficar na pior. Bastou saber que Filomena (Debora Nascimento) está de volta à cidade, para preparar sua próxima tentativa de arrancar dinheiro de Anastácia (Eliane Giardini): raptar a noiva de Candinho (Sergio Guizé) no dia do seu casamento.

Tudo começa quando Jairo (Werles Pajero), o motorista de dona Anastácia, está a caminho para buscar Filomena na pensão. De repente, surgem Cara de Cão (Marcelo Gonçalves) e Ernesto (Eriberto Leão). A noiva, apreensiva com a demora, estranha quando surge o capanga de Sandra vestindo um uniforme de motorista.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Jairo teve um imprevisto. Problema de saúde na família. Vim em seu lugar. Posso ajuda-la a entrar?”, diz, cordial. Filomena nem desconfia e entra com seu filho no carro. Clarice (Marianna Armellini) também vai junto. Além de ser a melhor amiga da noiva, ela se responsabiliza para ajudar com o vestido e os cuidados com o bebê.

Na igreja, todos estranham o atraso. “Ara! A Filó tá demorando por demais”, preocupa-se Candinho. No carro, Filomena e Clarice não reconhecem a estrada. “O que está a acontecer? Este não é o caminho para a igreja!”, avisa Filó, assustada. “É tarde demais, noivinha. Não é para a igreja que você vai”, entrega Cara de Cão, para o desespero das duas.

Clarice e Filomena se olham e conseguem armar um plano sem dizer nenhuma palavra. A ex-taxi girl deixa o bebê no colo da mãe, abre a porta e se joga para fora do carro. As pessoas ao redor a acodem e ela grita “Peguem esse homem! É um rapto!”. Todos gritam pela polícia, mas o carro consegue fugir, acelerado.

Filomena chega ao cativeiro e se depara com Ernesto e Sandra. Eles a levam para um quarto com apenas uma pequena cama e um cesto. “Ponha essa coisa aí no cesto”, diz a loira, fazendo referência ao bebê. Filó questiona quando poderá sair de lá. “Assim que dona Anastácia e Candinho botarem uma fortuna nas nossas mãos”, diz Ernesto. Filomena, ainda vestida de noiva, chora com a criança nos braços. “Ah, meu filho, o que será de nós?”, questiona, em prantos.

Whatsapp


Leia também