Em estado terminal, musa dos anos 70 fez pedido para a filha: “Última missão”

Últimos anos de vida de atriz e comediante não foram fáceis; ela sonhava em voltar à TV e reencontrar colega

Whatsapp

Uma das estrelas da televisão dos anos 1970 e 1980 foi Wilza Carla, que esteve presente em novelas e programas humorísticos de várias emissoras.

Wilza Carla
Atriz Wilza Carla (Reprodução / YouTube)

Mesmo com todo o sucesso, os últimos anos de vida da atriz e comediante não foram fáceis. Muitos amigos e colegas viraram as costas para ela.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Do teatro de revista à atriz da TV

Saramandaia - Carlos Gregório, Marília Barbosa e Wilza Carla
Carlos Gregório, Marília Barbosa e Wilza Carla em Saramandaia (Divulgação / Globo)

O começo da carreira de Wilza Carla foi na década de 1950, participando das chanchadas do cinema e como vedete do teatro de revista. Sua estreia na televisão foi na novela Assim na Terra como no Céu, da Globo, em 1970. Dois anos depois, ela esteve em Jerônimo, o Herói do Sertão, na Tupi.

O grande destaque foi em Saramandaia, escrita por Dias Gomes e exibida pela Globo em 1976. O papel de Wilza era de uma mulher que tinha compulsão pela comida. De tanto comer, ela acaba explodindo no meio da praça da cidade. No remake de 2013, Vera Holtz ficou com a personagem, Dona Redonda.

Leia mais

A atriz também esteve presente nas novelas Cambalacho (1986), A História de Ana Raio e Zé Trovão (1990) e na minissérie O Portador (1991). Além disso, fez participações nos humorísticos Alegria 81, Reapertura e A Praça é Nossa. Por alguns anos, foi jurada do Show de Calouros do Programa Silvio Santos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Triste fim

Wilza Carla
Wilza Carla (Reprodução / IMDB)

A carreira da atriz foi interrompida em 1994, depois que ela foi acometida por um AVC (Acidente Vascular Cerebral). Além disso, Wilza Carla sofria de diabetes e também de Mal de Alzheimer.

Nos últimos anos de sua vida, ela apareceu em programas de televisão, pedindo ajuda financeira e mostrando que sentia falta dos amigos que a abandonaram.

Wilza Carla morreu em 18 de junho de 2011, aos 75 anos, no Hospital das Clínicas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Para muitos, ela já tinha morrido há muito tempo”

Wilza Carla - filha
Paola Faenza Bezerra da Silva, filha de Wilza (Reprodução / YouTube)

Paola Faenza Bezerra da Silva, filha da atriz, ficou até o fim ao lado da mãe. Em uma entrevista ao Portal PS, em 21 de junho de 2011, ela confidenciou uma das grandes tristezas de Wilza: a negligência dos amigos.

“Para muitos, ela já tinha morrido há muito tempo”, desabafou Paola, que não aguentou a emoção e chorou.

Segundo a filha da atriz, uma ajudava a outra. Assim, elas seguiam em frente mesmo com os problemas financeiros e de saúde.

“Ela lutou muito por mim, para não me deixar sozinha. Foram muitos anos de luta, de recuperação, tentando correr atrás do sonho de voltar para a televisão”, relatou.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A esperança e o último desejo

Show de Calouros - Silvio Santos
Silvio Santos no Show de Calouros (Divulgação / SBT)

Uma das vontades de Wilza Carla era reencontrar o seu antigo patrão.

“Tinha esperança de voltar à TV, de ver o Silvio Santos, ela queria voltar para o júri”, confidenciou Paola.

A atriz fez um último pedido para sua filha, o de que sua história não caísse no esquecimento:

“Ela tentou fazer isso em vida, o que seria uma biografia dela. Ela queria que a sua história fosse contada. Essa vai ser a última missão”.

Whatsapp


Leia também