Eliana completa 13 anos no SBT sem motivos para comemorar

Whatsapp

Dyego Terra

No último domingo (4), Eliana comemorou os 13 anos de seu retorno ao SBT e, consequentemente, da estreia de seu programa.

Eliana

É uma pena que a atração esteja completamente enfadonha e repetitiva. A apresentadora estagnou; o dominical está em sua pior fase.

Leia mais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Volta ao lar

Eliana

Eliana retornou ao SBT em 2009, quando Silvio Santos avançou sobre a concorrente Record em resposta à contratação de Gugu Liberato. A volta da artista foi cercada de expectativas, todas correspondidas. A variedade de quadros proporcionava um programa dinâmico e descontraído.

Até mesmo as experiências científicas que a acompanhavam desde os tempos de apresentadora infantil eram capazes de prender o espectador em meio à guerra dos domingos. Vários formatos, mesmo com boa recepção, foram usados apenas uma vez, porque haviam outras tantas possibilidades para a atração.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Eliana cansou?

Rodrigo Faro e Eliana

O formato atual padece com a falta de variedade. O Famosos da Internet, exibido há tempos, segue com a mesma dinâmica. A fórmula está esgotada, assim como a do quadro Beleza Renovada, inspirado em um reality show. A disputa culinária Minha Mulher que Manda, embora recente, tem caminhado para a exaustão.

A única novidade este ano foi o Drive Thru Okê, game importado que não difere em nada dos conhecidíssimos shows de calouros. A dinâmica ainda atrapalha quem disputa: o campeão não é quem canta melhor, mas aquele que se sai bem um sorteio. A competição também está aquém de tudo que o dominical já ofereceu.

Nada, porém, supera as histórias tristes… O programa recebe, praticamente toda semana, pessoas necessitadas com histórias de vida comoventes, envolvidas em game que valem dinheiro – um auxílio que, sabemos desde o início, os participantes vão ganhar de qualquer forma.

As narrativas são muito parecidas e colocam a atração mais próxima do estilo Record – Rodrigo Faro sempre valorizou o assistencialismo – do que do SBT. Tal formato também não combina com Eliana, que sempre prezou pelas pautas sociais, mas com informação e alegria. A sensação durante o programa é de que ela está cansada.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Direção acomodada

Eliana

A plateia, que já é minúscula, não tem serventia alguma. Os integrantes só batem palmas nas idas e vindas dos intervalos ou durante as ações de merchandisings. Um baita desperdício! Este, aliás, é um problema crônico dos auditórios da emissora, com exceção das atrações de Silvio Santos e Ratinho.

Para quem está assistindo, a impressão é que a direção do programa está acomodada, presa à vice-liderança que a impede de tentar ousar: formatando conteúdo, modificando quadros, investindo em pautas alegres e na participação de artistas, bem como na interação da apresentadora com estes e com a plateia.

A direção artística do SBT também parece não cobrar nada de Eliana. É fato que o dominical entrega bons números de audiência e de faturamento. Além disso, a artista é a cara dos domingos. Isso, certamente, explica a fidelidade à atração, cada vez mais chata e repetitiva.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

É impossível assistir um programa Eliana do começo ao fim!

Eliana

Com o máximo de duas pautas por edição, o programa Eliana soa exaustivo. Ninguém sabe o porquê da insistência em tão pouco conteúdo. Falta de verba, como a apresentadora comentou em recente entrevista para um podcast? De qualquer forma, a estratégia é ruim.

O espectador que não se interessar pelo primeiro quadro pode voltar depois de duas horas. Aquele que espia a atração nos intervalos da concorrência pode cansar de zapear enquanto espera a resolução…

Eliana no SBT completa 13 anos com poucos motivos para comemorar. A carreira ilustre, muito bem conduzida por ela, está presa a um formato que não agrega em nada. Talvez pior até do que, quando à frente da Sessão Desenho, ela ficava sentada diante da câmera dançando com as mãos…

Uma mudança drástica por parte da direção e liberdade para a apresentadora opinar e sugerir novos conteúdos, ampliando as ofertas do dominical, são medidas necessárias. É preciso repensar o programa para que a artista siga no SBT e não tenha, quem sabe, vontade de conhecer a estrutura e o apoio das concorrentes…

Whatsapp


Leia também