Duelo de víboras: qual é a pior vilã de Regiane Alves, Clara ou Dóris?

Whatsapp

As melhores reprises atuais são as duas novelas de sucesso de Manoel Carlos. Laços de Família, no Vale a Pena Ver de Novo, e Mulheres Apaixonadas, no canal a cabo Viva. Ambas fazem sucesso em suas respectivas exibições e possibilitam ao público acompanhar o trabalho primoroso de grande parte do elenco. Não por acaso, o time de atores é quase o mesmo. Todo autor tem sua ‘panelinha’ e a do Maneco fica evidente com as reexibições. Entre os destaques, há Regiane Alves em dois papéis odiosos.

Em Laços de Família, a atriz interpreta a mimada Clara. Amargurada e arrogante, a personagem não sente a menor vergonha em ser desagradável com todos os familiares de seu marido, o passivo Fred (Luigi Baricelli). Está constantemente de cara amarrada e com péssimo humor. Quando seu casamento entra em crise, não pensa duas vezes antes de usar a filha como elemento de chantagem emocional e mostra de vez o ser humano deprimente que é. Não deixa de ser uma vilã secundária do enredo.

Leia mais

Já em Mulheres Apaixonadas, Regiane vive a interesseira Dóris. Outra víbora em sua carreira e com características semelhantes a Clara. Não se preocupa em destratar os familiares, principalmente seus avós Flora (Carmem Silva) e Leopoldo (Osvaldo Louzada).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Odeia a vida de classe média e vive grudada na milionária Estela (Lavínia Vlasak) para ganhar algumas migalhas da vida de luxo da amiga. Diante dos avós, pai, mãe e irmão está sempre de cara feia. Mas para os conhecidos ricos o sorriso é a marca registrada.

A primeira novela foi exibida em 2000 e a segunda em 2003. A atriz teve um intervalo de três anos entre os trabalhos. Ambos com o mesmo autor. O risco de se repetir era imenso. As duas personagens são bem parecidas, mas Regiane é tão talentosa que conseguiu escapar da armadilha e as diferenciou com maestria. Tanto que Clara parece bem mais velha que Dóris, por exemplo. Além de mais refinada e educada. É preciso levar em consideração que Mulheres foi ao ar depois de Laços, ou seja, a atriz estava três anos mais velha. E pareceu mais jovem. Claro que a caracterização ajudou, mas seu desempenho fez toda diferença.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

As duas personagens também não são grandes. Mas cresceram ao longo das novelas graças ao talento de Regiane. Clara virou o grande obstáculo para o amor de Fred e Capitu e uma das melhores cenas da atriz é o momento em que a nora de Helena conta, na festa de casamento de Camila (Carolina Dieckmann), que Capitu é garota de programa. Embora seja um perfil com traços de vilania, a intérprete ainda convence nos instantes de fragilidade de Clara, principalmente quando sofre pelo término com o marido.

Já Dóris se transformou na personagem mais odiada do enredo. Afinal, a forma grosseira como tratava os avós gerava revolta no público. A trama até resultou na criação do Estatuto do Idoso e Regiane foi convidada para a cerimônia no dia na aprovação da nova lei. E os dois momentos mais impactantes da novela são os embates entre pai e filha. Regiane e Marcos Caruso se entregavam. As duas surras que a vilã levou lavaram a alma do telespectador.

Regiane Alves sempre foi uma profissional competente, mas é inegável que os dois trabalhos reprisados atualmente foram os seus melhores até hoje. Sua parceria com Manoel Carlos em Laços de Família e Mulheres Apaixonadas – vale até lembrar sua terceira vilã com o autor em Páginas da Vida (2006), a patricinha Alice, também defendida com talento – foi um sucesso merecido.

Whatsapp


Leia também