Dos Mamonas Assassinas a Sandy e Junior: os hits que embalaram o Xuxa Hits, sucesso nos sábados da Globo

Há 23 anos, o Xuxa Hits, quadro do matinal Xuxa Park (1994), ganhava status de programa solo. A Globo aproveitava o sucesso da atração aos sábados para turbinar seus domingos. Durante os primeiros meses daquele 1995, a parada musical de Xuxa Meneghel – hoje na Record TV – integrou a grade dominical, ali no início das tardes. Era tempo de uma Rainha dos Baixinhos mais próxima da realeza: a loira se sacudia toda durante os números musicais; foi esta espontaneidade que fez de Xu, atualmente restrita ao formato fechado do Dancing Brasil, uma estrela, ainda na Manchete, consagrada nos tempos do ‘Xou’.

Para começar a semana lá em cima, o TV História reuniu doze músicas que “bombaram” no setlist do Xuxa Hits. Aumente o volume!

Naquela “metadinha” da década de 1990, não houve quem não dançasse ‘A dança do bumbum’ com o Gera Samba, depois convertido em É o Tchan. Reparem no look de Carla Perez – impressionante como o tempo só te valorizou, Carlinha…

A axé music explodia Brasil afora! E Ivete Sangalo se tornava um rosto conhecido em todo canto… A morena apareceu no Xuxa Hits – o primeiro programa da amiga Xuxa do qual participou – cantando ‘Alô Paixão’. Logo se tornou figurinha carimbada da atração, sempre desfilando seu charme, talento e sua vocação para o show! Diva demais…

O ‘Hits’ também marcou a estreia na TV do Jota Quest; no vídeo abaixo, Xuxa, por sinal, aposta numa pronúncia bem peculiar ao anunciar a banda e questiona a origem do nome. O vocalista Rogério Flausino ostentava um visual “setentista”, tal e qual a canção ‘As dores do mundo’, clássico de Hyldon que lançou os rapazes ao estrelato…

Mas nem todo mundo que passou pelo Xuxa Hits acabou se firmando… Por onde anda a turma do Cravo e Canela do samba ‘Lá vem o negão’?

O Molejo sumiu, voltou e tá bombando tão forte quanto nos tempos da ‘Caçamba’!

E se o destino não tivesse interrompido a promissora carreira dos Mamonas Assassinas? Estariam eles ainda no topo das paradas, como foi em 1995, com ‘Pelados em Santos’? MELHOR BANDA FOREVER!

A mesma questão se aplica aos funkeiros Claudinho (falecido em 2002) e Buchecha. ‘Nosso sonho’ é dos bons tempos do funk romântico, sem o palavreado chulo de hoje…

Também já nos despedimos de Leandro, da dupla com Leonardo – aqui com ‘Eu juro’. O romance também dominava o sertanejo, que atualmente é “universitário”, bebe pacas e tá sempre curtindo aquela dor de cotovelo…

Eis um trauma para todo o sempre: Sandy e Junior não estão mais juntos! Os dois batiam ponto no Xuxa Hits, ora com musiquinhas animadas, tipo ‘Dig-Dig-Joy’; ora com versões românticas, caso de ‘Com você’. Muito amor envolvido por esses dois…

Já Tiririca deixou de cantar ‘Florentina’; agora é deputado – e, a esta altura, já deve estar convicto de que pior do que está, fica sim!

Também o estouro da dance music em todo o mundo! A eurodance passou mitando pelo ‘Hits’, do grupo alemão La Bouche, com hits nas trilhas de Pátria Minha (1994) e A Próxima Vítima (1995), aos italianos do Double You, sucesso por aqui com ‘Looking at my girl’, também conhecida como “Gisele é minha avó!”. Além, claro, da brasileira Olga Maria de Souza – mas pode chamar de Corona, do hino ‘The rhythm of the night’.

E já que estamos falando em dance music, bora encerrar com ‘Short dick man’, da norte-americana Gillette. Para os noveleiros, só a faixa 2 da trilha internacional de Quatro por Quatro (1994). Para os pequenos, talvez só uma balada bem animadinha. Mas para quem entendia a letra… Se liga na tradução!

UEPA! Antes de encerrar, Ricky Martin, mitando com ‘Maria’, descendo ‘Na Boquinha de Garrafa’, da Companhia do Pagode. Ah, saudades do agito do Xuxa Hits…




Leia também