Doméstica que caiu nas graças do público volta na substituta de Pantanal

Whatsapp

Creusa, personagem de Luci Pereira em Salve Jorge (2012), era mais do que uma empregada doméstica. Na realidade, ela era o grande cupido que tentava unir o casal Helô (Giovanna Antonelli) e Stenio (Alexandre Nero), e não se privava de jogar verdades na cara dos patrões.

Um pouco intrometida, mas muito amorosa e cheia de boas intenções, Creusa caiu nas graças do público na época da exibição da novela de Gloria Perez. A maneira divertida como ela se referia à patroa – a quem chamava de “Donelô” – marcou a relação da personagem com a da heroína vivida por Giovanna Antonelli.

Por conta desta relação quase simbiótica da doméstica com os patrões, nada mais natural que Creusa retorne em Travessia, próxima novela das nove da Globo. Se a nova trama de Gloria Perez marcará o retorno de Helô e Stenio, Creusa também está incluída no pacote, e novamente incumbida de unir o casal, que seguirá às turras na nova produção.

Leia mais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sucesso

Luci Pereira não era bem uma desconhecida quando Salve Jorge entrou no ar. A atriz já havia integrado o elenco da Amazônia – De Galvez a Chico Mendes (2007) e da novela Caminho das Índias (2009), trama na qual viveu outra doméstica marcante, a Ondina.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas foi Creusa sua personagem mais popular. Tanto que o sucesso surpreendeu até a atriz, como ela revelou em entrevista ao UOL, em março de 2013.

“Para mim tudo isso está sendo uma surpresa. Quando li a sinopse da novela achei que fosse ser mais uma empregada daquelas que só abrem porta ou servem o café”, contou a atriz.

Na época, a popularidade de Luci Pereira era tanta que a atriz tinha dificuldades em sair às ruas.

“Tento fazer minhas coisas normalmente, mas agora ficou complicado. Basta o primeiro vir pedir uma foto para outras pessoas também pedirem e aí não consigo comprar mais nada”, revelou.

Pé-de-coelho

Salve Jorge

Em Travessia, Luci Pereira voltará a viver a empregada doméstica que tanto sucesso fez no passado. A nova novela das nove da Globo marcará a retomada da parceria da atriz com a autora Gloria Perez, com quem já fez diversos trabalhos.

Além de Amazônia, Caminho das Índias e Salve Jorge, Luci Pereira também integrou o elenco de A Força do Querer (2017), na qual viveu Nazaré, a tia do protagonista Zeca (Marco Pigossi). Ou seja, Travessia será o quinto trabalho seguido de Luci com a autora.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Trajetória

Luci Pereira é natural de Campina Grande, na Paraíba, e, além de atriz, também é artesã. Ela estreou no teatro ainda na adolescência, em sua cidade natal, e se mudou para São Paulo na década de 1990, onde continuou trabalhando com as artes cênicas.

Em 2003, ela estreou no cinema em Narradores de Javé, trabalho pelo qual recebeu o prêmio de melhor atriz-coadjuvante no Festival do Audiovisual de Pernambuco. Na sequência, esteve em O Ano que Meus Pais Saíram de Férias (2006). Os longas colocaram Luci no radar da Globo, onde estreou em O Profeta (2006).

Mas nem tudo foram flores no caminho da atriz. Quando ainda vivia na Paraíba, a atriz se casou aos 17 anos e se viu obrigada a abandonar o teatro. Mas o casamento, que durou oito anos, não foi feliz.

“Quando ele bebia ficava agressivo e me batia. Um dia dei um basta e nunca mais voltei atrás”, contou ela ao UOL.

Depois desta experiência, Luci Pereira se casou novamente, num relacionamento que durou cinco anos. Desta relação, a atriz teve dois filhos. A separação lhe rendeu a peça Machos, que marcou sua carreira no teatro.

“Foi a primeira vez que ganhei dinheiro com teatro, fiquei em cartaz 10 anos e o sucesso me levou a ir morar em São Paulo onde estou há 15 anos”, afirmou em 2013.

Whatsapp


Leia também