Desfigurada, novela póstuma de autora foi esquecida pela Globo

Whatsapp

Pupila da escritora Ivani Ribeiro e principal colaboradora de sucessos como Mulheres de Areia e A Viagem, Solange Castro Neves assumiu sozinha a autoria de Quem é Você, escrita por Ivani antes de falecer, em 1995. Porém, na época, Solange acabou sendo demitida da emissora e foi substituída por Lauro César Muniz.

Nascida em Araçatuba (SP) em 10 de junho de 1951, Solange Castro Neves foi por 17 anos escritora de romances, chegando a usar vários pseudônimos. Iniciou sua carreira de novelista na TV Globo no início da década de 1980, quando colaborou como pesquisadora de textos do autor Cassiano Gabus Mendes. Sua parceria com Ivani Ribeiro começou na novela Final Feliz (1982).

Seguiram-se os trabalhos em Amor Com Amor se Paga (1984), Brega e Chique (1987), Que Rei Sou Eu? (1989), O Sexo dos Anjos (1989) e Meu Bem, Meu Mal (1990). Ela foi responsável por ser coautora nos remakes de Mulheres de Areia (1993) e A Viagem (1994), dois grandes sucessos da Globo na década de 1990.

Leia mais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Projeto engavetado

Solange Castro e Ivani Ribeiro chegaram a desenvolver a sinopse de uma novela com título provisório de Caminho dos Ventos, em 1993, no entanto o projeto acabou sendo engavetado. Ivani viria a falecer em 17 de julho de 1995 e, após oito meses de espera, a história ganhou sinal verde da emissora para ser produzida, mas com um novo título: Quem é Você.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Exibida na faixa das seis, Quem é Você, que terminou em 6 de setembro de 1996, narrou o drama de duas irmãs, Maria Luísa (Elizabeth Savalla) e Beatriz (Cássia Kis), que reagem de forma diferente ao abandono do pai, Nelson (Francisco Cuoco).

A trama ganha novos contornos quando Maria Luísa anuncia estar grávida durante um baile de máscaras. Acreditando ser fruto de uma traição, seu esposo Afonso (Alexandre Borges) decide se vingar tendo relações com uma mulher mascarada. Essa mulher é sua irmã Beatriz, que, meses depois, surge grávida e esconde de todos a identidade do pai, que pode ser o seu cunhado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Demissão da Globo

Lauro César Muniz

O folhetim estreou em 4 de março de 1996, mas a audiência não correspondeu às expectativas da emissora. Por conta da baixa repercussão junto ao público, Solange Castro Neves se desentendeu com a direção do canal porque não gostou das modificações feitas por Lauro César Muniz, e acabou sendo demitida após escrever os 24 capítulos iniciais.

De acordo com matéria publicada no O Globo de 20 de março de 1996, elenco e diretores estavam reclamando do texto de Solange e, após uma reunião, o conselho de autores da Globo, formado por Dias Gomes, Aguinaldo Silva, Sílvio de Abreu e Gilberto Braga, decidiu que Lauro César Muniz, que atuava como supervisor de texto, assumiria a autoria dos capítulos a partir de então.

“Em nenhum momento, interferi na história ou fiz prevalecer meu estilo”, defendeu-se Lauro César em entrevista ao Estado de São Paulo em 24 de março de 1996. “Houve divergência insuperável entre nós e a direção decidiu que eu prossigo como condutor da trama”, completou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Momento conturbado

Solange Castro Neves

Anos depois, a autora narraria este conturbado episódio pelo qual passou no livro Biografia da Televisão Brasileira, de Flávio Ricco e José Armando Vanucci.

“Eu estava acostumada a trabalhar com pessoas que conheciam o meu estilo e o respeitavam, além da grande confiança mútua. Quando comecei a escrever, senti-me de certa forma órfã de pai e mãe. A Globo estava passando por uma enorme mudança com a saída do Boni e Ivani, Cassiano (Gabus Mendes) e Paulo Ubiratan haviam falecido”, relatou.

Apesar dessa mudança nos bastidores, Quem é Você ficou marcada pelo fracasso, sem nunca ter ganhado uma reprise até hoje.

Assim que saiu da Globo, Solange Castro Neves foi contratada pela Record, onde escreveu duas novelas: Marcas da Paixão (2000) e Roda da Vida (2001). Hoje, aos 71 anos, a autora está adaptando, juntamente com Vítor de Oliveira e Thalma Bertozzi, o texto de A Viagem para os palcos. A Viagem – O Musical tem previsão de estreia para 2023.

Whatsapp


Leia também