Demissão de veterano ajudante de Silvio Santos causou perplexidade no SBT

Whatsapp

Um nome dentre os tantos demitidos pelo SBT há exatamente um ano chamou a atenção entre os colaboradores da emissora.

A onda de cortes no quadro de funcionários em 2020, no auge da pandemia de Covid-19, vitimou até mesmo um dos homens de confiança de Silvio Santos, que atuava nos bastidores de seus programas há várias décadas.

Jesus, como é conhecido pelos colegas, era uma espécie de “braço-direito” do dono do Baú. Um dos funcionários mais antigos do SBT, com passagem até mesmo pela antiga TVS, participou até mesmo dos sorteios da Tele Sena, ajudando a girar os globos com os números sorteados, função atualmente feita pelas bailarinas do canal.

Leia mais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Nos últimos anos, ele atuava principalmente como uma espécie de coordenador da montagem de palco dos quadros do Programa Silvio Santos, como o Bolsa Família, Jogo das 3 Pistas e o Bomba. Seus colegas de trabalho o consideravam uma versão não-famosa de Gonçalo Roque.

Para os funcionários do SBT, a sua demissão foi considerada inexplicável. Nos bastidores, a sensação foi a de perplexidade, já que ele era uma das poucas peças consideradas imexíveis na emissora, pois era muito próximo do dono do canal.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Sua demissão chamou ainda mais atenção por ter acontecido durante a pandemia. Jesus, por conta de sua idade avançada, integra o grupo de risco de contaminação da Covid-19 e deveria, pelo menos na teoria, ser preservado da mesma forma que outros rostos do canal com idade avançada, como Carlos Alberto de Nóbrega.

Internamente, comentou-se também que a demissão de Jesus não foi autorizada por Silvio Santos, que provavelmente não foi comunicado da decisão tomada por seus diretores.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Não foi a primeira vez em que executivos do canal aproveitaram a ausência dele para demitir seus protegidos e promover mudanças sem o seu consentimento prévio.

Na época, a reportagem do TV História tentou consultar a assessoria de imprensa do SBT para obter um posicionamento formal sobre o desligamento de Jesus.

Em nota, o setor se limitou a avisar que “a emissora não comenta assuntos internos”.

Whatsapp


Leia também