Definido: Globo surpreende e muda mais uma personagem de Renascer

A nova versão da personagem que será vivida por Camila Morgado terá uma importante mudança no remake

Whatsapp

A nova versão da Dona Patroa, vivida por Camila Morgado, terá uma importante mudança no remake de Renascer. Uma das personagens mais marcantes da história, ela será uma mulher de fé, mas terá uma virada impressionante.

Camila Morgado em Pantanal
Camila Morgado em Pantanal

Responsável pela adaptação da obra, Bruno Luperi – que é neto do autor Benedito Ruy Barbosa -, promoveu atualizações que vão impactar em alguns desdobramentos da trama.

Uma delas é justamente a Dona Patroa. Ela continuará passando poucas e boas nas mãos do marido abusivo, assim como aconteceu com a personagem de 1993, interpretada por Eliane Giardini. No entanto, será uma religiosa que se libertará.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mulher de fé que se liberta

De acordo com a descrição da nova Dona Patroa obtida pelo TV História, ela será uma mulher de fé, mas que logo entenderá que isso não significa que deva se submeter a qualquer coisa por causa do marido.

Leia mais

A mulher passará por situações difíceis com Egídio (Vladimir Brichta) – chamado de Teodoro (Herson Capri) na primeira versão -, um homem osso duro de roer. No entanto, ela conseguirá sair dessa vida e terá uma trajetória de empoderamento e libertação.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Dona Patroa evangélica?

 

Intérprete da personagem, Camila Morgado também deixou claro que a nova Dona Patroa será uma cristã fervorosa – sem especificar se será católica ou evangélica. Em conversa com o site Notícias da TV, a atriz explicou que compreendeu a mudança.

“Ela acredita que, através da fé, ela vai conseguir mudar o marido. O Bruno [autor do remake] fez essa mudança que eu achei muito pertinente. Por que essa mulher, a Dona Patroa de hoje, em 2024, aceitaria todas as coisas que o marido faz, todas as perversões? Aí, foi acrescentada essa questão da crença, de ela ser uma crente muito fervorosa, de ter uma visão bem dogmática sobre as questões religiosas”, disse.

A mulher enfrentará muitas dificuldades no relacionamento com o marido, Egídio, que cometerá uma série de atrocidades contra a esposa.

“Ela sofre. Eu acho que a Dona Patroa vem com uma questão que é muito legal de a gente poder falar, que é essa questão do assédio. O marido é um perverso, um pervertido. Ela sofre um assédio moral, psicológico. Então, é muito importante a gente reforçar e dar nomes para essas coisas, para as mulheres também identificarem”, pontuou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A virada de Dona Patroa em Renascer

Ao longo da novela das nove da Globo, no entanto, Dona Patroa terá uma grande virada e mudará de rumo, dando um basta na vida marcada por maus-tratos do marido.

“Ela vai começar a enxergar as coisas, começar a dar nome para as coisas que ela associa. Vai começar a ter uma visão mais progressista sobre o que ela está passando. Aí, acontece a virada dessa mulher”, contou.

Substituta de Terra e Paixão na faixa das 21 horas, Renascer estreia no próximo dia 22.

Whatsapp


Leia também