De volta: compare o elenco das duas versões de Mulheres de Areia

Globo traz de volta remake da novela que marcou época na Tupi; confira quem viveu cada papel nas duas versões

Whatsapp

Nesta segunda (26), a Globo estreou a edição especial de um dos remakes mais bem-sucedidos da história da televisão brasileira: Mulheres de Areia.

A versão de 1993 trouxe excelentes índices de audiência à emissora, assim como a primeira versão da trama, exibida na extinta TV Tupi, exibida entre 1973 e 1974. A história de Ivani Ribeiro mostra a saga das irmãs gêmeas Ruth e Raquel, que disputam o amor de Marcos.

Fizemos uma comparação entre os elencos das duas versões. Confira:

Ruth e Raquel

Eva Wilma e Glória Pires nas duas versões de Mulheres de Areia
Eva Wilma e Glória Pires nas duas versões de Mulheres de Areia

Na primeira versão, o papel das gêmeas Ruth e Raquel ficou com Eva Wilma, na época a principal estrela da Tupi. Sua atuação foi muito elogiada, assim como aconteceu com Glória Pires, que encarnou o mesmo papel na segunda versão, e também foi bastante aplaudida por seu desempenho.

Leia mais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Marcos

Carlos Zara e Guilherme Fontes
Carlos Zara na primeira versão e Guilherme Fontes na segunda versão

Carlos Zara interpretou Marcos na primeira versão. Par de Eva Wilma, ele se casaria com a atriz seis anos depois. Na segunda versão, Guilherme Fontes, que então vinha se destacando nas novelas da emissora, ficou com o papel.

Tonho da Lua

Gianfrancesco Guarnieri e Marcos Frotas
Gianfrancesco Guarnieri na primeira versão e Marcos Frota na segunda

Tonho da Lua foi, sem dúvidas, um dos personagens mais marcantes da trama. Com todo seu talento do teatro, Gianfrancesco Guarnieri deu vida ao personagem na primeira versão. Marcos Frota fez o mesmo em 1993 e é lembrado por esse papel até os dias de hoje.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Virgílio

Cláudio Corrêa e Castro e Raul Cortez
Cláudio Corrêa e Castro e Raul Cortez

Pai de Marcos, o ambicioso Virgílio Assunção foi interpretado por Cláudio Corrêa e Castro na primeira versão. No remake, Raul Cortez ficou com o personagem.

Clarita

Cleyde Yáconis e Susana Vieira Mulheres de Areia
Cleyde Yáconis na primeira versão e Susana Vieira na segunda versão de Mulheres de Areia

Cleyde Yáconis interpretou Clarita, mãe de Marcos, na Tupi. Na Globo, Susana Vieira viveu a personagem.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Malu

Maria Isabel de Lizandra e Vivianne Pasmanter
Maria Isabel de Lizandra e Vivianne Pasmanter

Malu era uma jovem rebelde e apaixonada pelo vaqueiro Alaor. Ela foi vivida por Maria Isabel de Lizandra, em 1973, e por Vivianne Pasmanter, em 1993.

Alaor

Antonio Fagundes e Humberto Martins,
Antonio Fagundes e Humberto Martins em versões de Mulheres de Areia

Antonio Fagundes estava no início de sua carreira quando interpretou Alaor, na Tupi. Na segunda versão, o personagem foi vivido por Humberto Martins, que já vinha mostrando seu talento em novelas globais, como Pedra Sobre Pedra.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Floriano

Silvio Rocha e Sebastião Vasconcellos
Silvio Rocha e Sebastião Vasconcellos

O pai das gêmeas Ruth e Raquel foi vivido por Silvio Rocha na versão de 1973. Já no remake, Sebastião Vasconcellos ficou com o papel.

Isaura

Lucy Meyrelles, na Tupi, e Laura Cardoso na Globo
Lucy Meyrelles e Laura Cardoso em suas versões de Mulheres de Areia

A mãe das gêmeas, Isaura, foi vivida por Lucy Meyrelles, na Tupi, e Laura Cardoso, na Globo. Isaura se preocupava mais com Ruth.

Donato

Ivan Mesquita e Paulo Goulart em Mulheres de Areia
Ivan Mesquita e Paulo Goulart em Mulheres de Areia

Na versão original, Ivan Mesquita viveu Donato, o maldoso pescador que padrasto de Glorinha e Tonho da Lua. Em 1993, Paulo Goulart ficou com o papel.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Wanderley

Edgar Franco e Paulo Betti.
Edgar Franco e Paulo Betti

O grande amor de Raquel foi o bandido Wanderley, que foi interpretado, respectivamente, por Edgar Franco e Paulo Betti.

César

Rolando Boldrin e Henri Pagnocelli
Rolando Boldrin e Henri Pagnocelli

Rolando Boldrin, ator e músico, viveu César, advogado de Virgílio e amigo de Marcos. Na Globo, o papel ficou com Henri Pagnocelli.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Arlete

Maria Estela e Thaís de Campos
Maria Estela e Thaís de Campos em suas personagens de Mulheres de Areia

Arlete era sobrinha de Virgílio e vivia com os tios após a morte de seu pai. Na Tupi, o papel foi de Maria Estela, já na Globo, foi de Thaís de Campos.

Alemão

Serafim Gonzalez e Jonas Bloch
Serafim Gonzalez e Jonas Bloch em Mulheres de Areia

Serafim Gonzalez interpretou Alemão, dono do bar que virou ponto de encontro dos pescadores. Era o ator quem fazia as esculturas de areia mostradas nas duas novelas. No remake, Jonas Bloch viveu o personagem.

Tito

Carlos Nunes e Eduardo Moscovis,
Carlos Nunes e Eduardo Moscovis deram vida a Tito em Mulheres de Areia

Tito era um pescador apaixonado por Glorinha. Foi vivido por Carlos Nunes e Eduardo Moscovis, respectivamente.

Glorinha

Analu Graci e Gabriela Alves. - Mulheres de Areia
Analu Graci e Gabriela Alves na primeira e segunda versão de Mulheres de Areia

A jovem alegre e apaixonada por Tito, Glorinha, foi interpretada, respectivamente, por Analu Graci e Gabriela Alves.

Alzira

Ana Rosa e Giovanna Gold em Mulheres de Areia
Ana Rosa na primeira versão e Giovanna Gold na segunda versão

Ana Rosa viveu Alzira, que trabalhava na casa de Donato e era apaixonada por Tonho da Lua. Na versão de 1993, Giovanna Gold ficou com o papel.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Marujo

Abrahão Farc e Ricardo Blat
Abrahão Farc e Ricardo Blat em Mulheres de Areia

Já Marujo é um pescador revoltado, descrente e amargurado por ter perdido um amigo pescador. Abrahão Farc e Ricardo Blat foram seus intérpretes.

Outros personagens

Vale lembrar que alguns personagens do remake de Mulheres de Areia, como Tônia (Andréa Beltrão), Zé Pedro (Carlos Zara) e Breno (Daniel Dantas), entre outros, vieram de O Espantalho, trama de Ivani Ribeiro que teve trechos de sua história adicionados na nova produção.

Whatsapp


Leia também