De estrela da Globo a mãe de ator problemático: “Fui esquecida”

Whatsapp

Nas décadas de 1970 e 1980, uma atriz de origem espanhola fez muito sucesso na televisão – Pepita Rodrigues, nome artístico de Josefa Suárez Rodríguez, que nasceu em Adra, na Espanha, conquistou o coração do público e de um galã da nossa TV.

Pepita Rodrigues

O primeiro trabalho da atriz foi na Tupi e se tornou um marco da dramaturgia brasileira: Beto Rockfeler. Na trama, ela viveu Bárbara, namorada de Tavinho (Heleno Prestes), um playboy inconsequente que adorava andar de moto. Esse papel abriu as portas para futuras produções e Pepita foi, aos poucos, conquistando o seu espaço na televisão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 1976, foi contratada pela Globo e atuou na novela Anjo Mau, dando vida a Stela Medeiros. Além de atriz, foi apresentadora ao lado de Moacyr Franco, no Moacyr TV, atração que revelava novos artistas para a televisão brasileira. Esteve presente também em Espelho Mágico (1977), interpretando Bruna Maria Novaes.

Leia mais

Moacyr TV

A consagração nacional veio em Dancin’ Days, quando ela viveu a personagem Carminha. A atriz fez tanto sucesso que virou até boneca.

“Só dava eu, fazia propaganda de tudo, estampava todas as revistas. Uma loucura”, disse Pepita em uma entrevista para o UOL.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Casamento com galã

Carlos Eduardo Dolabella

Na década de 1980, ela se casou com Carlos Eduardo Dolabella, um dos grandes atores e galã da televisão brasileira. Eles se tornaram o “casal 20” e chegaram a apresentar um programa juntos: o Alô Pepa, Alô Dola (1986), na extinta Rede Manchete.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Eu não tinha ciúmes porque ele era muito correto e estava apaixonado por mim. Ele não dava nem tempo de eu sentir ciúmes dele! Vivia no meu pé!”, declarou a atriz em entrevista ao UOL.

Desse casamento, que terminou em 1990, eles tiveram um filho, Dado Dolabella. Pepita abdicou da carreira de atriz para cuidar de sua família.

Após muitos anos de afastamento da telinha, ela voltou a atuar em 2005, na novela A Lua me Disse, da Globo.

“Voltei para reconquistar o público, retomar meu lugar e nunca mais deixá-lo. Sempre fui uma pessoa que correu atrás. Não tenho vergonha de pedir, nem de começar de novo”, afirmou a atriz em entrevista à revista Istoé Gente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Mãe é mãe”

Pepita Rodrigues e Dado Dolabella

Mãe presente, Pepita sempre esteve ao lado de Dado, mesmo em todas as confusões acabou se envolvendo nos últimos anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 2018, por exemplo, o rapaz foi preso por não pagar pensão para um dos filhos, o que deixou Pepita arrasada.

“Eu sou mãe. E mãe é mãe. Dizem que mãe sempre protege o filho, mas não é bem assim. Ele não tem os quase R$ 200 mil que querem que ele pague e eu também não tenho. Não é justo porque ele está há três anos sem emprego. Então, eu só sinto muita pena. Mas se os juízes acham que ele deve tudo isso, ele vai cumprir a lei”, desabafou a atriz para o programa Fofocalizando, do SBT.

Pepita Rodrigues

Até o momento, seu último trabalho na TV foi em Boogie Oogie (2014), que, na opinião dela, poderia ter rendido mais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Estava me recuperando de um acidente doméstico que me fez ficar 10 dias internada. Na época, tomava muitos remédios e não conseguia decorar os textos, ficava muito nervosa durante as gravações”, contou ao UOL.

Na mesma entrevista, ela não escondeu que sente falta de atuar e estar à frente das câmeras.

“Fui meio que esquecida. Não culpo ninguém, porque as pessoas só lembram dos artistas que estão no ar. Sinto muita saudade de fazer novelas, de estar na televisão. Já pedi muito para voltar. Não sei se eles encheram o saco, mas continuo esperando um personagem”, concluiu.

Whatsapp


Leia também