Crise envolvendo Renascer obrigou autor a mudar tudo em novela

Trama das nove da Globo acabou gerando desconforto nos bastidores

Whatsapp

Antes mesmo de entrar no ar, Renascer esteve no meio de uma confusão nos bastidores da Globo. Autor responsável pelo remake, Bruno Luperi reclamou na emissora por causa da grande semelhança de Terra e Paixão (2023) com a trama de seu avô, Benedito Ruy Barbosa.

José Inocêncio (Marcos Palmeira) e João Pedro (Juan Paiva) em Renascer
José Inocêncio (Marcos Palmeira) e João Pedro (Juan Paiva) em Renascer (divulgação/Globo)

Quando Walcyr Carrasco entregou para a Globo a história que desenvolveu após ser escalado para voltar ao horário nobre, a rede já havia decidido que a nova versão de Renascer viria na sequência.

Uma das semelhanças entre as duas é que são folhetins rurais que abordam disputas de terra. No caso da novela de Bruno Luperi, o tema tem mais foco na primeira fase, que é justamente a ligação com a obra anterior.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Semelhança de trama central

Cauã Reymond e Tony Ramos em Terra e Paixão
Cauã Reymond (Caio) e Tony Ramos (Antônio) em Terra e Paixão (Reprodução / Globo)

No entanto, as duas histórias apresentam uma semelhança ainda maior. A trama de Walcyr Carrasco tinha Caio (Cauã Reymond), enjeitado pelo pai, o poderoso Antônio (Tony Ramos), que culpou o primogênito pela morte de sua primeira esposa, Agatha (Bianca Bin/Eliane Giardini).

Leia mais

O enredo é igual a trama que norteia toda a segunda fase de Renascer, em que José Inocêncio (Marcos Palmeira) rejeita o filho, João Pedro (Juan Paiva). Isso porque Maria Santa (Duda Santos), a esposa do coronelzinho, morre durante o parto do caçula.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Autor se revoltou

 

Depois de perceber que o conflito central de Terra e Paixão era o mesmo que o de Renascer, Luperi ficou bastante insatisfeito. Ele reclamou com a Globo, demonstrando estar incomodado com a situação.

Ao deixar claro que estava revoltado com aquilo, o novelista chegou a ameaçar desistir de escrever a adaptação da trama, já que Renascer veio logo na sequência da novela de Carrasco.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Globo mandou mudar novela

Eliane Giardini vive Agatha em Terra e Paixão
Eliane Giardini vive Agatha em Terra e Paixão (reprodução/Globo)

Com o imbróglio atravancando os trabalhos e colocando em risco seu principal horário de novelas, a direção da Globo precisou intervir. Após a reclamação de Bruno Luperi, os executivos decidiram ter uma conversa com Walcyr Carrasco.

Na ocasião, a direção da emissora pediu que o autor de Terra e Paixão fizesse mudanças em sua novela para colocar um ponto final na polêmica. Carrasco, então, mudou o rumo da história e acabou com o conflito do pai que rejeitava o filho depois da mãe morrer no parto.

A solução adotada pelo novelista foi trazer a “falecida” de volta. Depois do pedido da Globo, Carrasco “ressuscitou” Agatha sendo interpretada por Eliane Giardini. Até então, a personagem aparecia em cena somente por meio de flashbacks do passado sendo interpretada por Bianca Bin.

Assim se resolveu o problema nos bastidores que poderia ter sido evitado com maiores cuidados da Globo na avaliação de suas novelas.

Whatsapp


Leia também