Conheça a novela que deve substituir A Desalmada nas tardes do SBT

Whatsapp

Dyego Terra

Exibida no México entre 2020 e 2021, Vencer o Desamor – em tradução literal – é candidata à vaga de A Desalmada na faixa Novelas da Tarde, do SBT.

A Desalmada

A trama foi produzida por Rosy Ocampo, que o leitor certamente conhece de clássicos da Televisa exibidos pelo canal de Silvio Santos. Ela também respondeu por O Diário de Daniela, Amigos Para Sempre, Cúmplices de um Resgate, Alegrifes e Rabujos, A Feia Mais Bela, Camaleões e Por Ela, Sou Eva.

Leia mais

Vencer o Desamor faz parte de uma série de folhetins que a produtora vem realizando desde 2020, dentro da franquia “Vencer”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Será que vem aí?

Vencer o Desamor

Até o momento, Rosy entregou quatro obras: Vencer el Miedo, Vencer el Desamor, Vencer el Pasado e Vencer la Ausencia. Não se sabe exatamente o porquê do SBT ter optado por exibir a saga a partir do segundo título. Contudo, não há o menor problema, já que as novelas são histórias independentes e podem ser transmitidas em qualquer ordem.

Os boatos que dão conta da escolhida para substituir A Desalmada vieram de um vazamento nos textos do estúdio responsável pela dublagem.

O que se sabe é que os trabalhos haviam sido iniciados e, logo depois, paralisados a pedido da própria emissora, que passou outras tramas na frente. Silvio Santos foi quem surgiu com Paixões de Gavilanes, que tomou a preferência dos trabalhos e adiou ‘Desamor’. Novos rumos afirmam, porém, que o folhetim voltou a ser dublado pelo estúdio Rio Sound, Rio de Janeiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fortes emoções na provável substituta de A Desalmada

Vencer o Desamor

Vencer o Desamor é protagonizada por Claudia Álvarez, que ainda não é conhecida no Brasil, e por David Zepeda – presente por aqui em Sortilégio, A Dona e Abismo de Paixão. O elenco traz outros nomes de ‘Abismo’, como Altair Jarabo e Isabela Camil. Também Juán Diego Covarrubias, de Teresa, e a primeira atriz Daniela Romo, destaque de Sortilégio e Triunfo do Amor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

A história acompanha quatro mulheres completamente diferentes que são obrigadas a viverem debaixo do mesmo teto, mas que, ao mesmo tempo, mantêm algo em comum: todas sofrem com as ausências de seus companheiros e, assim, deverão aprender a recuperar o amor próprio.

Bárbara (Daniela Romo) sonha em viajar pelo mundo ao lado do amado Joaquim (José Elías Moreno), com quem tem três filhos. Os planos são interrompidos quando ele sofre um infarto fulminante, levando consigo um grande segredo.

Vencer o Desamor

Ariadna (Claudia Álvarez) é nora de Bárbara, com quem não se dá bem. Ela tem um filho com Eduardo (Juán Diego Covarrubias). Os dois, porém, não são casados. O menino sofre da Síndrome de Asperger, o que acaba por afastar os pais e levar Eduardo para os braços de Linda (Isabela Camil), uma rica empresária americana.

Dafne (Julia Urbini) é filha de Joaquim e Josefina (Lourdes Reyes). Bárbara só descobre o parentesco após a morte do marido, quando fica sabendo que a moça foi incluída no testamento. Por fim, Germana (Valentina Buzzuro), meia-irmã de Bárbara, que a odeia por ser fruto da infidelidade de seu pai. Ela chega até a casa da família como empregada, sem que uma saiba da ligação que tem com a outra.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Quando Vencer o Desamor deve estrear?

Vencer o Desamor

Se confirmada, Vencer o Desamor deve ser anunciada ainda em setembro. A chegada às telas do Brasil pelo SBT deve se dar em outubro, já que a edição de A Desalmada vem agrupando um capítulo e meio por dia, o que antecipará o término – conforme a coluna destacou recentemente.

Cabe lembrar que a trama sobre as quatro mulheres ainda disputa a vaga das 18h15 com “semi-inédita” Paixão de Gavilanes, aposta frustrada de Silvio Santos para a faixa do almoço, e com reprises – que sempre ganham a preferência do canal quando o assunto é recuperar os índices de audiência perdidos…



Leia também