Com índices de audiência abaixo do esperado, a reprise de Paraíso Tropical (2007) será abreviada pela Globo. A novela de Gilberto Braga e Ricardo Linhares vai sair do ar um mês antes do previso para dar espaço a Alma Gêmea (2005) no Vale a Pena Ver de Novo.

Alessandra Negrini em Paraíso Tropical
Alessandra Negrini em Paraíso Tropical

Curiosamente, o fim precoce do repeteco chega justamente no momento em que Paraíso Tropical demonstra uma reação. A novela vive uma fase de reviravoltas que tem chamado a atenção do público.

Mas, ainda assim, a Globo tem pressa para relançar Alma Gêmea. O clássico de Walcyr Carrasco será uma importante alavanca para No Rancho Fundo, próxima novela das seis.

Quando termina Paraíso Tropical na Globo?

A Globo bateu o martelo e definiu que Paraíso Tropical chegará ao fim na primeira semana de maio. Durante uma semana, a trama dividirá o Vale a Pena Ver de Novo com os primeiros capítulos de Alma Gêmea, que volta ao ar em 29 de abril. Antes, a estreia estava prevista para 6 de maio.

A princípio, a emissora planejava levar Paraíso Tropical até o início de junho. No entanto, os baixos índices de audiência registrados pelo folhetim fizeram a Globo mudar de ideia.

Para “salvar” o horário, o canal optou pelo encurtamento da reprise e até quebrou a regra de não mais exibir novelas das seis no Vale a Pena Ver de Novo para relançar o “arrasa-quarteirão” Alma Gêmea.

Porém, o final antecipado de Paraíso Tropical acontece justamente quando a novela vive uma boa fase. Na última sexta-feira (22), por exemplo, a trama anotou média de 15,4 pontos. Um ótimo resultado para uma novela que vinha oscilando entre 12 e 13 pontos no Kantar Ibope Media.

Qual novela será a substituta de Paraíso Tropical na Globo?

Eduardo Moscovis e Liliana Castro em Alma Gêmea
Eduardo Moscovis e Liliana Castro em Alma Gêmea

O aumento da audiência de Paraíso Tropical coincide com o início de uma fase de reviravoltas na trama. Os mais recentes capítulos do folhetim exploraram o plano de Taís (Alessandra Negrini), que armou para assumir a identidade de Paula (Alessandra Negrini), sua irmã gêmea.

A vilã armou uma cena para sugerir que poderia tirar a própria vida. Em seguida, tratou de fazer Paula sumir no mar. Na sequência, ela assumiu a identidade da irmã, acreditando que a mocinha estava morta.

Mas o que ela não sabe é que Paula está viva e, em breve, retornará. A heroína fará o mesmo jogo da irmã do mal e se passará por Taís.

Com isso, a vilã percebe que o cerco está se fechando e planeja uma fuga. Trata-se do grande clímax da novela de Gilberto Braga e Ricardo Linhares.

Quando estreia Alma Gêmea na Globo?

Porém, nem mesmo a boa fase de Paraíso Tropical fará a Globo mudar de ideia. A novela vai mesmo sair do ar em 3 de maio para dar espaço a Alma Gêmea. A emissora quer fortalecer seu horário nobre com a mudança.

A reação de Paraíso Tropical na reta final deve ajudar a estreia de No Rancho Fundo, que estreia em 15 de abril. Com uma boa alavanca, há mais chances de o folhetim de Mário Teixeira angariar bons números, entregando em alta para Família é Tudo, Jornal Nacional e Renascer.

A partir de maio, a expectativa da emissora é que essa alavanca seja ainda mais eficiente com Alma Gêmea. A novela é considerada um fenômeno do horário das seis, e também foi muito bem em sua primeira reprise.

Por isso, o canal espera que a história de Serena (Priscila Fantin) impulsione todo o seu horário nobre.

Compartilhar.
Avatar photo

André Santana é jornalista, escritor e produtor cultural. Cresceu acompanhado da “babá eletrônica” e transformou a paixão pela TV em profissão a partir de 2005, quando criou o blog Tele-Visão. Desde então, vem escrevendo sobre televisão em diversas publicações especializadas. É autor do livro “Tele-Visão: A Televisão Brasileira em 10 Anos”, publicado pela E. B. Ações Culturais e Clube de Autores. Leia todos os textos do autor