Com TV esvaziada pela pandemia, canais já preparam novidades para 2021 - TV História

Com TV esvaziada pela pandemia, canais já preparam novidades para 2021

Whatsapp

Com a paralisação de diversas produções, incluindo novelas inéditas, e o cancelamento de outras atrações, principalmente em virtude da pandemia causada pelo novo coronavírus, a televisão brasileira não teve muitas novidades em 2020, especialmente neste segundo semestre.

As poucas novidades vieram de canais por assinatura, como a CNN Brasil, e atrações já conhecidas pelo público, como A Fazenda. No entanto, se nada mudar, o ano de 2021 promete muito mais.

Globo terá novelas inéditas e maior BBB da história

A Globo, por exemplo, já marcou a data de estreia de sua primeira novela inédita após a pandemia. Nos Tempos do Imperador iniciará sua trajetória na faixa das seis no dia 22 de fevereiro.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Além disso, voltarão Amor de Mãe e Salve-se Quem Puder, totalmente gravadas. Essas novelas serão substituídas, respectivamente, por Um Lugar ao Sol e Quanto Mais Vida, Melhor. Todas essas datas, no entanto, ainda serão definidas pela Globo.

No próximo ano, a Globo também voltará a apostar no Big Brother Brasil, após o sucesso do BBB20. O programa vai estrear no dia 25 de janeiro e seguirá até 4 de maio, tendo a maior duração de sua história.

A emissora ainda terá novas temporadas de séries, como Sob Pressão, Segunda Chamada e Cine Holiúdy, além de prometer uma completa reformulação em seus humorísticos – nenhum dos atuais voltará ao ar em 2021 e um novo projeto será criado do zero.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Record prepara substituta de Amor sem Igual

A Record prepara Gênesis, que vai substituir Amor sem Igual provavelmente no primeiro semestre. Uma nova edição de A Fazenda deverá vir somente no segundo semestre, como tradicionalmente acontece.

SBT e outras emissoras ainda são incógnitas

O SBT ainda é uma incógnita, mas a emissora, conforme Otávio Mesquita adiantou em vídeo publicado há alguns dias, quer preparar lançamentos para o início do ano. Mas ainda não dá para cravar nada, assim como nos casos de Band e RedeTV!.



Leia também