Com esquizofrenia, ex-ator da Globo sumiu de casa e foi dado como indigente

Whatsapp

O ator Aleph Del Moral ficou conhecido por sua participação em Vamp (1991). Na época, ele era um adolescente de 14 anos e interpretou um dos filhos de Carmem Maura (Joana Fomm), Rubinho.

Vamp

O personagem, desajustado, detestava livros e as “frescuras” intelectuais da mãe, dos irmãos Leon (Rodrigo Penna) e Scarlett (Bel Kutner) e logo se adaptou à vida na Armação dos Anjos, onde tornou-se o melhor amigo de Nando (Henrique Farias) e passou a integrar o time de futebol do Padre Garotão (Nuno Leal Maia).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mas sua estreia na televisão foi um ano antes, no episódio “Contato Imediato” da série Tele Tema, que foi ao ar em janeiro de 1990 e era protagonizado por Daniel Dantas, com Andrea Beltrão e Lu Grimaldi.

Em outubro do mesmo ano, Aleph foi escalado para o elenco da novela Araponga, onde viveu o personagem Simas, um menino de rua. Vamp foi sua segunda e última produção do gênero.

Esquizofrenia

Depois da trama global, o ator trabalhou em várias produções teatrais até o momento em que começou a apresentar os primeiros sintomas da esquizofrenia, que viria a comprometer sua carreira artística no início da idade adulta.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em 1999, chegou a fazer testes para atuar em Malhação, porém não foi aprovado.

“Na época fiquei muito feliz de vê-lo testando, mas não rolou, e aí não trabalhamos mais juntos”, disse Pedro Vasconcelos, então diretor de Malhação, que havia trabalhado com Aleph em Vamp.

Nos anos 2000, retomou a carreira atuando na parte técnica de algumas produções, como no curta O Primeiro Grito, de 2004, quando trabalhou como operador de som e em Mira, de 2009, atuando na mesma função.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Desaparecimento

Aleph Del Moral

Em 2015, o ator protagonizou um triste episódio quando ficou desaparecido por cerca de sete meses.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Aleph queria reencontrar Mateus Esperança, seu antigo professor na Escola Nacional de Circo, na esperança de que ele pudesse ajuda-lo a tomar um novo rumo em sua carreira.

Ele foi encontrado em meados de abril de 2016, na cidade de Osasco (SP), em estado de indigência.

Permaneceu internado numa clínica para tratamentos psiquiátricos por 16 dias até retornar à casa da mãe, Heloísa Vidal Del Moral, em Macaé (RJ).

Aleph Del Moral

Depois disso, houve outros acontecimentos similares, como em junho de 2016, quando ator passou mais alguns dias desaparecido.

“Ele logo novo apresentou sinais de esquizofrenia, que foi se agravando com o tempo. Ele saiu de casa normalmente, como sempre sai, para dar uma volta, mas não retornou. Meu irmão já sumiu várias vezes, mas o problema é que da ultima vez ele ficou sete meses fora de casa e foi encontrado em São Paulo. Ele tinha todos os hábitos de quem vive nas ruas quando foi achado. Por isso, estamos muito preocupados porque é muito difícil encontrar alguém nesse país tão grande”, explicou ao jornal Extra a irmã do ator, Durga Del Moral.

Dias mais tarde, policiais militares em Botafogo o encontraram novamente em estado de indigência, sentado num muro e lendo uma revista.

Aleph, atualmente com 44 anos, nunca mais trabalhou na área. Atualmente, reside com a mãe em Sana, distrito de Macaé.

Whatsapp


Leia também