Clementino, Magnólio e mais: há cinco anos, humor brasileiro perdia Tutuca

Whatsapp

Há exatamente cinco anos, em 3 de dezembro de 2015, o Brasil perdia o grande humorista Tutuca.

Usliver João Baptista Linhares nasceu em 1932, no Rio de Janeiro (RJ), e ainda na infância ganhou o apelido que levou para a carreira artística.

Estreou no rádio, no cinema e na televisão na década de 1950, onde logo se destacou e passou por praticamente todos os canais.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Entre os personagens marcantes que fez estão o faxineiro Clementino, o Chefinho, da Dona Dadá, e o Magnólio.

Em sua extensa carreira, passou por programas como Balança, Mas Não Cai, A Festa é Nossa, Humor Livre e Zorra Total, da Globo, e Reapertura e A Praça é Nossa, do SBT, entre outros. Um de seus últimos papeis foi no cinema, em Os Normais, o Filme.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Convivendo com problemas de saúde, Tutuca morreu aos 83 anos, no Rio de Janeiro, em virtude de uma pneumonia seguida de parada cardíaca. Dois anos antes, havia sofrido um acidente vascular cerebral. O humorista foi velado e cremado no Cemitério do Caju.



Leia também