Demitida pela Globo, Cissa Guimarães passava por momento difícil quando fez O Clone - TV História

Demitida pela Globo, Cissa Guimarães passava por momento difícil quando fez O Clone

Whatsapp

Ela nasceu Beatriz Gentil Pinheiro Guimarães, em 18 de abril de 1957, no Rio de Janeiro (RJ), mas a conhecemos como a garota que quebra o coco, mas não arrebenta a sapucaia.

Cissa Guimarães ficou famosa com o bordão que seu amigo e apresentador Miguel Falabella usava ao convocá-la no extinto Vídeo Show (Globo), onde trabalhou de 1986 a 2001.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Hoje com 54 anos, química por formação, Cissa já posou nua duas vezes: em 1994, na revista Playboy, e em 2005, na Sexy.

Começou sua carreira artística em 1977. Ao longo destes anos, acumula mais de 20 novelas, sete filmes, além de minisséries e a apresentação de programas de sucesso na Rede Globo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Atuou em Malu Mulher (1980), Jogo da Vida (1981), Final Feliz e Elas por Elas, em 1982. Entre seus trabalhos destacam-se as vilãs Paula, de Direito de Amar (1987), e Rose, de Top Model (1989).

Em 2001, Cissa voltou triunfante em um de seus maiores papéis, em O Clone, de Gloria Perez.

Na trama, que está sendo reprisada no Vale a Pena Ver de Novo, Cissa foi Clarisse, mãe de Nando (Thiago Fragoso) e ex-mulher de Escobar (Marcos Frota), mulher batalhadora que luta para tirar o filho das drogas.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na ocasião, Cissa tinha passado por uma quimioterapia e tomava remédios muito fortes, tornando este trabalho muito marcante em sua vida.

A atriz ainda trabalhou em outras três novelas de Glória Perez: América (2005), Caminho das Índias (2009) e Salve Jorge (2012). Em 2015, estreou o programa de variedades É de Casa, que apresentava até agora.

Teve três casamentos. Dos dois primeiros vieram seus filhos Tomás Guimarães de Campos Velho (39), João Guimarães de Campos Velho (37) e Rafael Guimarães Mascarenhas Pereira (1991-2010), sendo que este último morreu atropelado, enquanto andava de skate em um túnel interditado, no Rio de Janeiro. Depois da tragédia, Cissa entrou em depressão e passou a fazer terapia.

Atualmente com 64 anos, Cissa acabou dispensada pela Globo recentemente, após mais de 40 anos de casa. A emissora ressaltou, no entanto, que ela poderá voltar a trabalhar na casa, recebendo por obra.



Leia também