Câncer, coração e mais: sucessão de problemas fez estrela sumir da TV

Whatsapp

Nos últimos anos, Cláudia Jimenez teve algumas participações em novelas da emissora comprometidas por conta de problemas de saúde. A atriz voltaria às novelas em Quanto Mais Vida, Melhor, novela da faixa das sete recentemente exibida pela Globo, mas acabou deixando o elenco da produção.

Claudia Jimenez

Com 63 anos, Cláudia iniciou sua carreira no final dos anos 1970. Despontou em humorísticos da Globo na década seguinte, marcando presença em Viva o Gordo, Chico Anysio Show e Os Trapalhões.

A fama chegou de vez quando passou a viver a Dona Cacilda, da Escolinha do Professor Raimundo, continuando na atração durante boa parte da década de 1990.

Leia mais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Saída traumática

Sai de Baixo

Outro momento de consagração nacional veio em 1996, quando ela deu vida à empregada Edileuza, em Sai de Baixo. No entanto, a saída da atriz do humorístico foi traumática.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ao Jornal do Brasil, em 26 de janeiro de 1997, Cláudia falou sobre o seu desligamento do seriado.

“Eu acho que o meu grande erro foi tentar modificar as coisas com as quais eu não concordava. Eu realmente fui insubordinada algumas vezes, mas só porque eu queria melhorar as coisas. Eu acho que eles têm todo o direito de me demitir. A sacanagem não foi a demissão, mas a maneira como as coisas foram feitas”, enfatizou.

Nas novelas, se destacou em Torre de Babel (1998), como Bina Colombo, e também teve papeis de destaque m Ti Ti Ti (1985), As Filhas da Mãe (2001), América (2005), Sete Pecados (2007), Negócio da China (2008), Aquele Beijo (2011) e Haja Coração, além de ser uma das estrelas da série A Vida Alheia (2010).

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Problemas de saúde

Claudia Jimenez

Nos últimos anos, Cláudia tem enfrentado alguns contratempos de saúde, muitos deles decorrentes de um câncer na região torácica descoberto há 30 anos, que, segundo os médicos, enfraqueceu os tecidos de seu coração.

Em 2012, por exemplo, ela passou por uma cirurgia para recuperar sua válvula aórtica. No ano seguinte, teve que se afastar de Além do Horizonte para passar por outra intervenção no coração.

“Imagine saber que seu coração ficou numa bandeja por sete horas enquanto seu sangue circulava numa máquina. Ou chegar em casa, deitar e sentir com a mão o marcapasso implantado dentro do seu peito… A parte física, dor, corte, a gente resolve rápido. O ruim é o emocional”, declarou à revista Quem.

“Sempre. Alguns falam: “Ai, você é tão frágil”. Frágil? Saí cedo de um câncer agressivo, a radioterapia me salvou, mas ao mesmo tempo criou os problemas no coração, cinco pontes, marcapasso… Não sou frágil. Sou forte pra c#*&%@!”, completou.

Em 2018, a atriz estaria em Deus Salve o Rei, mas acabou deixando as gravações após passar mal, sendo substituída por Cristina Mutarelli.

Stela Torreão e Claudia Jimenez

Durante a quarentena imposta por conta da pandemia de Covid-19, a atriz se destacou nas redes sociais fazendo vídeos e lives onde satirizava os afazeres domésticos. Mesmo separada da personal Stella Torreão desde 2008, elas continuam morando juntas.

“Costumo dizer que a nossa separação não deu certo. Ela é tão dentro da minha vida, e eu da dela, que a única parte que a gente não vive é a erótica”, declarou a atriz.



Leia também