Dez anos: briga pela herança milionária de Chico Anysio está longe do fim

Whatsapp

Um dos maiores nomes da história da televisão brasileira, Chico Anysio nos deixou há uma década, em 23 de março de 2012, mas a briga entre a viúva Malga Di Paula e os oito filhos do humorista pela herança do artista, estimada em R$ 20 milhões, segue tendo desdobramentos.

Chico Anysio

Em uma entrevista recentemente concedida ao podcast ZonaV (especializado em veganismo), Malga voltou a fazer críticas ao tratamento que recebe na disputa judicial.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Além de ter dito que não recebeu “nenhum centavo” até hoje, citou que um dos filhos, o produtor musical Cícero Chaves, morto aos 39 anos, em julho de 2021, estava entre aqueles que sequer dialogavam com ela sobre o assunto.

Leia mais

“Alguns foram mais radicais e não quiseram sentar para conversar. Um deles morreu enquanto eu estava em coma [ela se referiu aos 65 dias em que ficou internada devido a complicações causadas pela Covid-19]. Olha que ironia da vida. Ele tinha 39 anos e ficou brigando comigo durante quase 10 anos para receber algo que nunca irá receber”, lamentou Malga, que foi duramente repreendida por outro filho de Chico Anysio, Nizo Neto, conhecido por interpretar o Seu Ptolomeu na versão original da Escolinha do Professor Raimundo.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Em uma postagem no Instagram, Nizo foi contundente ao comentar a fala de Malga.

“Essa declaração que ela deu, usando o nome do meu falecido irmão Cícero com tom de ironia, foi realmente um golpe baixo muito escroto. Mais uma vez ela usa a imprensa para falar de um assunto particular, só que dessa vez foi longe demais usando o nome do Cícero, que não está aqui para se defender. Uma grande falta de respeito”, declarou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Conflitos

Chico Anysio e Malga Di Paula

Os conflitos se arrastam desde quando Malga era a inventariante dos bens do marido, com quem foi casada por 14 anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O próprio Nizo Neto lembrou desse período, alegando que a demora do processo deve ser atribuída à “incompetência e omissão dela”. Desde 2017, o responsável pelo inventário é Bruno Mazzeo, que a processou para retirá-la do cargo.

Lug de Paula

Outra polêmica foi em torno da exclusão de Luiz Guilherme “Lug” de Paula (o Seu Boneco da Escolinha) do testamento deixado por Chico Anysio.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ressalvadas algumas exceções, a lei brasileira proíbe a deserdação. Devido também a outras não conformidades detectadas, o documento acabou sendo anulado pela Justiça em março de 2020.

Porém, mesmo tendo concordado inicialmente com a decisão, a viúva de Chico fez um pedido de retratação porque pretendia ser reconhecida como a única proprietária do apartamento em que vivia com o humorista, o que colocou mais lenha na fogueira do confronto com os filhos.

Tudo indica que a troca de farpas e o imbróglio judicial em torno do patrimônio de Chico Anysio, incluindo os bens materiais e todo o espólio de propriedade intelectual, estão longe de terminar.

Whatsapp


Leia também