Com saída de Leifert, BBB22 deverá ficar entre Marcos Mion e Ana Clara - TV História

Com saída de Leifert, BBB22 deverá ficar entre Marcos Mion e Ana Clara

Whatsapp

Em notícia que pegou muita gente de surpresa, a Globo anunciou a saída de Tiago Leifert da emissora em dezembro deste ano. De acordo com o comunicado, o apresentador decidiu não renovar seu contrato e sairá do canal após o The Voice Brasil. Com isso, abre-se também uma vaga muito importante, no Big Brother Brasil 22.

Leifert vinha apresentando o reality show, responsáveis por um dos maiores faturamentos da casa, além de índices de audiência, desde 2017, quando substituiu Pedro Bial. Agora, a Globo terá que decidir quem vai comandar a casa mais vigiada do Brasil a partir de janeiro do próximo ano.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Contratado recentemente pela Record, o nome de Marcos Mion automaticamente passa a ser o primeiro da lista. Além de ter estreado muito bem na nova casa, o apresentador já tem experiência em outros programas do segmento, como A Casa e, principalmente, A Fazenda. Além disso, propositalmente ou não, a Globo anunciou que Mion ficaria no Caldeirão somente até dezembro, tendo novos projetos em vista a partir de 2022.

Na disputa pela vaga, ele contará com a concorrência a ex-BBB Ana Clara, que se destacou na Rede BBB e nas entrevistas realizadas com os eliminados do reality show, ganhando até um programa próprio neste ano. O Plantão BBB foi visto por muitos como um teste da direção da Globo, visando voos mais altos da garota. Ana Clara não seria a primeira mulher a comandar o BBB, já que Marisa Orth esteve ao lado de Bial nas primeiras semanas da atração, em 2022.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Uma decisão surpreende poderia ser a divisão do comando do programa justamente entre Mion e Ana Clara, como nos primórdios do BBB. Mas essa possibilidade, por tudo que já aconteceu, seria remota, já que afeta claramente a dinâmica do produto.

Outros nomes correriam por fora, como André Marques, que foi criticado pela falta de ânimo no comando do No Limite, e Márcio Garcia. Provavelmente a decisão sairá de dentro de casa mesmo, sem a necessidade da Globo buscar algum nome da concorrência. Resta aguardar.

Whatsapp


Leia também