Baixa audiência de Escrava Mãe provocará mudanças nas tardes da Record - TV História

Baixa audiência de Escrava Mãe provocará mudanças nas tardes da Record

Whatsapp

O baixo resultado da reprise de Escrava Mãe está tirando o sono da diretoria da Record. A emissora comunicou para suas afiliadas que planeja uma nova mudança em sua programação vespertina a partir das primeiras semanas do próximo ano.

No novo desenho, o Balanço Geral terá mais meia hora de duração e ficará no ar por 4h05min, entre 11h50 e 15h55. O noticiário, que em São Paulo é comandado por Reinaldo Gottino, já havia sido ampliado em 10 minutos há menos de um mês, no dia de 18 de novembro.

Com isso, Escrava Mãe voltará a ter apenas um capítulo exibido por dia. A diretoria da emissora acreditava que a edição acelerada, com maior tempo de arte, atrairia mais público para a novela, mas o tiro saiu pela culatra: a média do folhetim despencou em todo o país. Em São Paulo, ela sofre para bater o Triturando, do SBT, e chega a ter minutos na quarta colocação de Ibope.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Apesar de parecer uma solução prática, esticar o Balanço Geral é mais complexo do que parece. A reportagem do TV História apurou que uma série de afiliadas e filiadas da Record não tem a mínima ideia de como conseguir conteúdo e verba para viabilizar um noticiário com mais de quatro horas.

A nova ampliação do jornalístico também implica com um menor intervalo de tempo entre ele e as edições regionais do Cidade Alerta. As praças vão ter ainda menos tempo para produzir o jornal do início do horário nobre, e a tendência é de que ele seja preenchido com reprises do que foi ao ar durante a tarde.

Alguns diretores regionais, inclusive, já cogitam pedir para que a Record autorize a transmissão da última hora do Balanço Geral de São Paulo para as suas praças, que não teriam condições de ampliar o noticiário regional sem prejuízos financeiros. A decisão final deverá sair até a próxima sexta, dia 18.



Leia também