Como autor enganou Silvio Santos para escrever sucesso na concorrência

Como autor enganou Silvio Santos para escrever sucesso na concorrência

Whatsapp

Autor de sucessos da Rede Globo, como Chocolate com Pimenta, Êta Mundo Bom! e A Dona do Pedaço, Walcyr Carrasco se envolveu em uma confusão em 1996 ao escrever Xica da Silva para a extinta Rede Manchete usando o pseudônimo Adamo Angel. O autor fez isso para driblar o contrato com o SBT, onde era consultor de teledramaturgia.

No dia 4 de junho de 1996, a Folha de S. Paulo anunciou que a Manchete havia contratado o esotérico Adamo Angel para escrever Xica da Silva, que substituiria Tocaia Grande.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Segundo a reportagem, Angel era um escritor esotérico, com formação pela USP e especialização em roteiro nos EUA. Ele estaria se preparando para o lançamento do livro Meditando com as Fadas.

“Adamo Angel é historiador, especializado na época de Xica da Silva. Ele tinha uma pré-sinopse de novela e estava procurando uma produtora independente. Mas quando o texto chegou às nossas mãos, resolvemos contratá-lo”, disse o diretor Walter Avancini (foto abaixo) à reportagem. “Ele é muito reservado, não quer aparecer”, completou, sobre a impossibilidade de entrevistas com o autor.

No dia 15 de setembro de 1996, dois dias antes da estreia da novela, o mistério permanecia. Nem os artistas do elenco sabiam quem era o autor. “Ele simplesmente não quer aparecer”, despistou, novamente, Avancini.

“A qualidade do roteiro faz o elenco especular que Angel poderia ser Dias Gomes ou, até mesmo, Paulo Coelho”, informou a reportagem. Outras matérias da imprensa, como da revista Contigo, tentavam descobrir quem era o autor escondido.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Promoção

O mistério foi desfeito alguns meses depois. No dia 17 de abril de 1997, no Rio de Janeiro, Carrasco foi apresentado pela Manchete como sendo Adamo Angel. “Ele disse que usou o pseudônimo porque é consultor de teledramaturgia do SBT”, informou a Folha.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Um dia depois, a coluna Controle Remoto, do jornal O Globo, destacou: “Não foi por estar precisando de um extra que o consultor do SBT Walcyr Carrasco se aventurou a escrever clandestinamente uma novela para a Rede Manchete. Silvio Santos paga-lhe quase R$ 50 mil por mês”.

Mas, ao invés de ter problemas com o SBT, Carrasco foi promovido. Silvio Santos pediu que escrevesse uma novela para a casa. Assim, ele fez Fascinação, que estreou em 1998 e teve boa repercussão. Em 2000, seguiu para a Globo, já estreando com o sucesso O Cravo e a Rosa, onde permanece até hoje.

Por ironia do destino, o SBT reprisou Xica da Silva entre março e dezembro de 2005, obtendo boa audiência.

Whatsapp


Leia também