Atriz foi obrigada a atuar em Pantanal: “Se não fizer, está demitida”

Whatsapp

Dando seus primeiros passos na carreira artística, Carolina Ferraz passou por uma situação complicada na época da primeira versão de Pantanal, exibida em 1990 pela Manchete.

Camila Morgado e Carolina Ferraz

Promessa da extinta emissora, a atriz era apresentadora quando recebeu um ultimato do diretor da trama, Jayme Monjardim.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ela, que já atuava na casa há dois anos, apresentando atrações como Shock e Programa de Domingo, foi chamada para viver a personagem Irma na primeira fase da trama de Benedito Ruy Barbosa.

Leia mais

No remake exibido pela Globo, Irma ficou a cargo de  Malu Rodrigues, enquanto Camila Morgado vem representando a personagem na atual etapa.

Ultimato

Carolina Ferraz

Recentemente, em entrevista ao Link Podcast, do portal R7, Carolina contou ao apresentador Reinaldo Gottino que não queria o papel.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Ah, eu não quero”, disse, de maneira incisiva, a um diretor da emissora.

“São apenas 16 capítulos a primeira fase; se você não fizer, está demitida”, rebateu o diretor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Se apaixonou pela história

Carolina Ferraz

No entanto, o feitiço virou contra o feiticeiro: Carolina topou viver Irma, foi apontada como uma das principais revelações da época e se apaixonou pela história, tomando gosto pela atuação.

Em seguida, ainda participou de A História de Ana Raio e Zé Trovão, Escrava Anastácia, O Fantasma da Ópera e Floradas na Serra.

Posteriormente contratada pela Globo, chegou a apresentar o Fantástico, mas migrou para as novelas em 1993, participando de O Mapa da Mina.

Haja Coração

Depois, não parou mais: esteve em tramas como Pátria Minha, História de Amor, Por Amor, Pecado Capital, Estrela-Guia, Sabor da Paixão, Começar de Novo, Belíssima, Beleza Pura, O Astro, Avenida Brasil, Além do Horizonte e Haja Coração, geralmente em papeis de protagonista ou destaque.

Longe do gênero desde que participou da trama de Daniel Ortiz, ela deixou a Globo em 2017 e está na Record desde 2020, apresentando, atualmente, a revista eletrônica Domingo Espetacular.

Whatsapp


Leia também