Uma estrela da televisão brasileira nas décadas de 1970 e, principalmente, 1980, acaba de completar 60 anos. No entanto, ela está afastada do vídeo há muitos anos e não pensa em voltar.

Nascida em 29 de outubro de 1960, em Campinas (SP), Lídia Brondi iniciou sua carreira na televisão em 1975, atuando na novela O Grito, da Rede Globo.

Ela também esteve em tramas de sucesso como Dancin’ Days (1978), como Vera Lúcia; Baila Comigo (1981), como Mira Maia; e Roque Santeiro (1985), no papel de Tânia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Dois papeis de destaque ainda maior vieram no final dos anos 1980: a jornalista Solange Duprat, de Vale Tudo (1988), e a Leonora, de Tieta (1989).

Sua última novela foi Meu Bem, Meu Mal (1990), quando viveu Fernanda. Ainda esteve no teatro ao participar da peça Parsifal, em 1992.

Em seguida, a atriz decidiu abandonar a carreira artística e, após se formar em psicologia, abriu um consultório na capital paulista e passou a se dedicar somente a essa carreira.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Lídia foi casada com o diretor Ricardo Waddington entre 1982 e 1988, com quem teve uma filha, Isadora, nascida em 1985.

Desde 1991, ela está junto com o ator Cássio Gabus Mendes, com quem viveu par romântico nas novelas Vale Tudo e Meu Bem, Meu Mal. Eles se casaram oficialmente em 2013.

Totalmente afastada da mídia e dos holofotes, Lídia raramente aparece em público e não concede entrevistas.

No início do ano, por exemplo, ela foi vista ao lado do marido em um shopping do Rio de Janeiro (RJ).

Compartilhar.
Thell de Castro

Apaixonado por televisão desde a infância, Thell de Castro é jornalista, criador e diretor do TV História, que entrou no ar em 2012. Especialista em história da TV, já prestou consultoria para diversas emissoras e escreveu o livro Dicionário da Televisão Brasileira, lançado em 2015 Leia todos os textos do autor