Ator de O Clone foi cuidado por Vera Fischer no fim da vida

Whatsapp

O ator e diretor Perilúcio José Salles de Almeida, conhecido como Perry Salles, foi filho adotivo da atriz Yara Salles.

Perry Salles

Sua carreira artística começou em 1961, no cinema, onde brilhou na comédia O Dono da Bola. Aliás, atuou em mais de 10 filmes e foi diretor em duas produções.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Já na TV, seu primeiro trabalho foi em Sublime Amor (1967), na TV Excelsior. Fez ainda João Juca Jr. (1969) e O Anjo (1973), ambos na TV Tupi.

Yara Salles e Perry Salles

Leia mais

Atuou em Tilim (1970), Os Deuses Estão Mortos (1971) e O Príncipe e o Mendigo (1972), na Rede Record.

Na Globo, Perry fez Os Gigantes (1979) e Mandala (1987), onde foi Laio Lunardo, seu papel de maior destaque na televisão.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O Clone foi sua última novela

Perry Salles

Em 2001, fez sua última novela, O Clone, reexibida atualmente no Vale a Pena Ver de Novo.

Ele foi Mustafá, primo de Mohamed (Antonio Calloni), Said (Dalton Vigh) e Nazira (Eliane Giardini). Mustafá começa a trabalhar na loja de Mohamed, no Brasil, e acaba tendo altos e baixos com Nazira.

Mustafá se encanta e se casa com Noêmia (Elizângela), mas a diferença religiosa e cultural faz com que ele repudie a esposa por não seguir os costumes de sua religião, o que, para os muçulmanos, é a maior vergonha para uma mulher.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Vida pessoal

Teve cinco filhos, sendo três de sua primeira esposa, Filomena Chaves, e o quarto da atriz Miriam Mehler – sendo que o rapaz faleceu em 1990, aos 31 anos, vítima de um acidente de moto.

Seu último casamento foi com Vera Fischer, com quem teve uma filha, Rafaela. O casal viveu por 17 anos como marido e mulher e, até a morte de Perry, como bons amigos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O que aconteceu com Perry Salles, o Mustafá de O Clone?

Perry Salles e Vera Fischer em Mandala

O ator morreu aos 70 anos, vítima de câncer. Anteriormente, Perry já havia infartado e passado por cirurgia.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na sequência, foi diagnosticado um câncer de pulmão agressivo que atingiu o cérebro, levando-o à morte.

Em entrevista ao Vídeo Show há quatro anos, Vera se emocionou quando falou do ator, dizendo que ele foi o grande amor da sua vida.

Perry Salles e Vera Fischer

Quando o estado de saúde de Perry se agravou, ele se mudou para o apartamento de Vera, que cuidou dele até o fim – ele morreu em sua residência.

O corpo de Perry foi cremado no dia 19 de junho. Ocorreu um atraso de dois dias aconteceu porque o ator não havia deixado autorização para tal ato, dificultando a obtenção do documento por seus familiares.

Whatsapp


Leia também