Astro confirma mudanças na trama de Renascer: “Não são mais aceitáveis”

Versão atualizada do protagonista será diferente da apresentada na trama exibida pela Globo em 1993

Whatsapp

Entre as alterações feitas no remake de Renascer estão mudanças importantes em José Inocêncio (Marcos Palmeira). A versão atualizada do protagonista será diferente da apresentada na trama exibida pela Globo em 1993.

Renascer - Antonio Fagundes e Marcos Palmeira
Marcos Palmeira (João Pedro) e Antonio Fagundes (José Inocêncio) em Renascer (Divulgação / Globo)

O autor Bruno Luperi realizou uma série de modificações para adaptar a história aos dias atuais e mexeu com personagens que têm importância no enredo, como o padre Lívio, que virou pastor e será interpretado por Breno da Matta.

E nem mesmo o protagonista José Inocêncio escapou das mudanças. No remake, ele terá diversidade em sua família e será um homem mais consciente.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Protagonista modificado

Marcos Palmeira como José Inocêncio em Renascer
Marcos Palmeira como José Inocêncio em Renascer (divulgação/Globo)

Na versão original, o José Inocêncio vivido por Leonardo Vieira (na primeira fase) e posteriormente por Antônio Fagundes foi casado com a Maria Santa, interpretada por Patrícia França.

Leia mais

Desta vez, no entanto, a esposa do fazendeiro será uma mulher preta, o que trará mais diversidade para a família. O protagonista vivido por Humberto Carrão na fase inicial da história se casará com Maria Santa, vivida por Duda Santos.

Viúvo, o fazendeiro interpretado por Marcos Palmeira na segunda fase de Renascer será um homem amargurado que rejeitará o filho, João Pedro (Juan Paiva), a quem culpa pela morte da mulher, que faleceu após o parto dele.

“Assim como ocorreu com Pantanal, tivemos que repensar e adaptar esses temas e insinuações que não são mais aceitáveis nos dias de hoje e que há 30 anos eram. Isso inclui qualquer insinuação relacionada à raça, crença e sexualidade. Vejo essa novela como uma oportunidade de repaginar essa história 30 anos depois”, apontou Palmeira em entrevista ao jornal Estadão.

“É muito interessante, pois, na versão atual, a família de José Inocêncio é negra e as pessoas negras têm protagonismo na história de Renascer. Além disso, a personagem Buba é interpretada por uma atriz trans, o que traz diversas interpretações interessantes”, completou ele.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O novo José Inocêncio de Renascer

Marcos Palmeira, Juan Paiva e Thereza Fonseca em Renascer
Marcos Palmeira, Juan Paiva e Thereza Fonseca em Renascer

Na nova versão da novela, o protagonista ainda terá outra importante alteração que mudará completamente seu jeito de viver. Poderoso rei do cacau em Ilhéus, ele utilizará o sistema de agrofloresta em sua fazenda.

Com isso, José Inocêncio vai incorporar um pouco do que seu intérprete faz na vida real. Isso porque Marcos Palmeira trabalha com o sistema de agrofloresta há quase 10 anos.

O ator da Globo utiliza esse método em seu plantio de alimentos orgânicos e também na criação de gado leiteiro que mantém na fazenda Vale das Palmeiras, localizada na região serrana do estado do Rio de Janeiro.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mudanças confirmadas

Benedito Ruy Barbosa
Benedito Ruy Barbosa (Reprodução / TV Cultura)

Em entrevista ao Estadão, o próprio Marcos Palmeira confirmou a mudança na visão do fazendeiro no remake do folhetim de Benedito Ruy Barbosa. Ele ressaltou a importância do protagonista ter esse lado ecológico.

“O José Inocêncio é o personagem que traz uma nova perspectiva para a produção de cacau. Ele consegue identificar problemas na produção e realiza uma recuperação ambiental em suas fazendas, resultando em um cacau mais resistente à doença da vassoura de bruxa. Ter um protagonista com essa visão ecológica é muito interessante, uma novidade desta adaptação”, declarou o ator.

Renascer estreia no dia 22 de janeiro, substituindo Terra e Paixão no horário das nove da Globo.

Whatsapp


Leia também