Artistas, jornalistas e celebridades que morreram em 2020



Vamos registrar abaixo, ao longo do ano, os artistas, jornalistas e celebridades que infelizmente nos deixaram em 2020. Confira:

Luiz Parreiras

Ator de destaque em novelas da TV Tupi nos anos 1960 e 1970, Luiz Parreiras morreu em 5 de janeiro de 2020, aos 78 anos, em São Caetano (SP). Afastado da televisão há muitos anos, Parreiras atuou em novelas de diversos canais, incluindo A Leoa (1982), do SBT, quando foi protagonista, e O Rei do Gado (1996), da Globo, onde viveu Orestes Maia. Sua última produção foi Canoa do Bagre, na Record, em 1997.

Sérgio Noronha

O veterano comentarista, que passou por canais como Globo e Band, além da Rádio Globo, morreu no dia 24 de janeiro de 2020, aos 87 anos. Ele sofria do Mal de Alzheimer e estava internado há 10 dias, quando teve uma parada cardíaca. Desde 2018, morava no Retiro dos Artistas, contando com a ajuda de Arnaldo César Coelho, grande amigo e ex-comentarista de arbitragem da Rede Globo.

Tunai

O cantor e compositor, irmão de João Bosco e autor do hit Frisson (1984), morreu em 26 de janeiro de 2020, aos 69 anos, vítima de parada cardíaca.

Luis Alberto Volpe

Paulista de Sertãozinho (SP), Luis Alberto Volpe morreu no dia 18 de fevereiro de 2020. O jornalista trabalhou por alguns anos na Rede Globo e se destacou no comando do programa Grandes Momentos do Esporte, da TV Cultura. Na emissora, também participou de programas como Vitória e Cartão Verde. Depois disso, foi para a ESPN Brasil, onde foi apresentador e editor-chefe do SportsCenter e produziu e apresentou programas como Memórias do Esporte. Em janeiro, foi internado e descobriu um tumor no esôfago, que desencadeou uma pneumonia. Foi vítima de uma parada respiratória.

Zé do Caixão

José Mojica Marins foi cineasta, ator, roteirista e apresentador de televisão. Ficou eternizado como Zé do Caixão, personagem que estrelou diversos filmes a partir dos anos 1960. Na televisão, fez inúmeras participações em programas de auditório; comandou, com grande sucesso, a sessão Cine Trash, na Band, nos anos 1990; e, mais recentemente, teve o programa de entrevistas O Estranho Mundo de Zé do Caixão, no Canal Brasil. Debilitado por problemas de saúde há alguns meses, morreu em 19 de fevereiro de 2020, aos 83 anos, vítima de uma broncopneumonia.

Cláudia Telles

Cantora que fez muito sucesso nos anos 1970, tendo feito parte de trilhas sonoras de novelas da Rede Globo e chegando ao primeiro lugar nas paradas com a música Fim de Tarde, Cláudia Telles morreu no dia 21 de fevereiro de 2020, aos 62 anos, vítima de falência múltipla de órgãos após sofrer uma parada cardíaca.

Henrique

O cantor sertanejo Henrique, da dupla Netto e Henrique, morreu no dia 2 de março de 2020. O artista, cujo nome verdadeiro era Wesley Pereira da Silva, tinha 22 anos e estava internado em São José do Rio Preto (SP). Ele se envolveu em um grave acidente de carro no dia 8 de fevereiro e sofreu traumatismo craniano.

Cadu Cortez

O jornalista e narrador esportivo Cadu Cortez morreu em 3 de fevereiro de 2020, aos 40 anos, vítima de um infarto fulminante. Ele passou por TV Cultura, SBT e Fox Sports e trabalhava atualmente na plataforma de streaming DAZN, onde narrava, principalmente, jogos do Campeonato Italiano. “Estamos profundamente entristecidos com a morte prematura de Cadu Cortez, um narrador talentoso, respeitado e querido por todos nós”, destacou o DAZN em nota oficial.





Leia também