Artistas do elenco de Mulheres de Areia que já morreram

Raul Cortez – Virgílio Assunção

Grande ator da história da teledramaturgia nacional, Raul Cortez morreu em 18 de julho de 2006, aos 73 anos, em São Paulo (SP). Desde 2004, lutava contra um tumor na região do pâncreas e do intestino delgado.



Sebastião Vasconcelos – Floriano

Consagrado da televisão, morreu aos 86 anos, vítima de choque séptico e parada cardiorrespiratória, em 15 de julho de 2013.



Paulo Goulart – Donato

Paulo Goulart, casado com Nicette Bruno, morreu em 13 de março de 2014, aos 81 anos, vítima de câncer, contra o qual lutava há alguns anos.



Adriano Reys – Sampaio

O ator, nascido em Portugal, morreu em 20 de novembro de 2011, aos 78 anos, vítima de câncer no fígado e no peritônio. Sua última novela foi Mutantes: Promessas de Amor (2009), na Record.



Irving São Paulo – Zé Luís

Morreu jovem, aos 41 anos, em 10 de agosto de 2006, em decorrência de uma pancreatite.



Carlos Zara – Zé Pedro

Casado com Eva Wilma, Carlos Zara morreu em 11 de dezembro de 2002, aos 72 anos, em virtude de falência múltipla de órgãos e insuficiência respiratória provocadas por um câncer de esôfago.



Eloísa Mafalda – Manuela

Dona de grandes papeis na história da televisão, se afastou do veículo em 2002, devido ao Mal de Alzheimer. Morreu em 16 de maio de 2018, vítima de insuficiência respiratória, aos 93 anos.



Joel Barcelos – Chico Belo

Ator, roterista e diretor, Joel morreu em 19 de novembro de 2018, aos 81 anos, em Rio das Ostras (RJ). A causa da morte não foi divulgada.



Antônio Pompeo – Servílio

O ator morreu em 5 de janeiro de 2016, aos 62 anos. Foi encontrado sem vida em seu apartamento, em Guaratiba, no Rio de Janeiro (RJ).



Serafim Gonzalez – Garnizé

O veterano ator morreu em 29 de abril de 2007, aos 72 anos, em Santos (SP), em decorrência de insuficiência respiratória.



João Carlos Barroso – Daniel

Intérprete do inesquecível Toninho Jiló de Roque Santeiro, João Carlos Barroso atuou em inúmeras novelas e humorísticos da Rede Globo. Nos últimos anos, esteve em Zorra e Sol Nascente. Morreu em 12 de agosto de 2019, aos 69 anos, vítima de câncer no pâncreas.



Chico Tenreiro – Mathias

O ator morreu em 14 de março de 2012, aos 67 anos, vítima de câncer.



Cláudio Cavalcanti – Dr. Murilo

Morreu em 29 de setembro de 2013, aos 73 anos, em razão de um choque cardiogênico. Deixou um trabalho póstumo, a série Sessão de Terapia (GNT), que estreou um mês após sua despedida.



Dary Reis – Bastião

O ator morreu em 26 de dezembro de 2010, aos 84 anos.



Dayse Tenório – Alice

A atriz morreu em 1993, aos 33 anos, após acidente de carro no Rio de Janeiro (RJ).



Ênio Santos – Joaquim

O ator morreu 30 de janeiro de 2002, por falência múltipla dos órgãos, aos 80 anos.



Felipe Carone – Comendador Jacomini

O ator morreu em 27 de março de 1995, aos 74 anos, vítima de câncer no estômago.



Germano Filho – Ataliba

Germano Filho partiu em 26 de abril de 1998, aos 65 anos, por insuficiência respiratória.



Ivan Senna – Médico

O ator morreu em 9 de maio de 2009, aos 73 anos. A causa da morte não foi divulgada.



Jorge Cherques – Abílio

O ator morreu em 11 de março de 2011, aos 82 anos, em decorrência de falência múltipla de órgãos.



Kleber Drable – Padre João

O ator morreu em 3 de junho de 2007, aos 89 anos, vítima de infarto.



Lafayette Galvão – Médico

Lafayette Galvão morreu em 7 de junho de 2019, aos 87 anos, após complicações de uma sépsis pulmonar.



Moacyr Deriquém – Jacomini

Multimídia, Moacyr foi ator, diretor e um dos responsáveis pelo departamento de elenco da Globo. Faleceu em 13 de abril de 2001, aos 74 anos. Ele sofreu um ataque cardíaco enquanto dormia.



Paulo Gracindo – Padre

Um dos maiores atores da história da televisão brasileira morreu em 4 de setembro de 1995, aos 84 anos, de câncer de próstata.





Leia também