Artistas de Mandala que já morreram

Confira a lista de artistas de Mandala, novela produzida pela Rede Globo entre 1987 e 1988, que infelizmente já nos deixaram.

Carlos Augusto Strazzer – Argemiro

O ator, que se destacou em diversas novelas da Tupi e da Globo, morreu em 19 de fevereiro de 1993, aos 46 anos, em decorrência de complicações respiratórias causadas pelo vírus da AIDS.

Raul Cortez – Pedro Bergman

Um dos maiores atores do Brasil, Raul Cortez morreu em 18 de julho de 2006, aos 73 anos, após lutar contra um tumor na região do pâncreas e do intestino delgado.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Gianfrancesco Guarnieri – Túlio Silveira

O querido ator, de memoráveis papeis na televisão, no teatro e no cinema, morreu em 22 de julho de 2006, aos 71 anos, poucos dias após o encerramento de Belíssima, última novela na qual trabalhou e que precisou deixar durante seu andamento após ter problemas de saúde.

Oswaldo Loureiro – Américo

O ator morreu em 3 de fevereiro de 2018, aos 85 anos. Ela sofria de Alzheimer. Estava longe da TV desde A Lua Me Disse (2005).

Célia Helena – Ceres

A atriz, que foi casada com Raul Cortez, morreu em 29 de março de 1997, aos 61 anos, vítima de um câncer raro, que atacou as paredes dos vasos sanguíneos. Sua última novela foi Mandala.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Paulo Gracindo – Vovô Pepê

Um dos maiores atores da história da televisão brasileira morreu em 4 de setembro de 1995, aos 84 anos, de câncer de próstata.

Yara Côrtes – Conchita

A veterana atriz morreu em 17 de outubro de 2002, aos 81 anos, vítima de insuficiência respiratória.

Grande Otelo – Jonas Caetano

Um dos maiores nomes da dramaturgia nacional, o ator e comediante esteve em inúmeros filmes e também fez destacados trabalhos na televisão. Morreu em 26 de novembro de 1993, aos 78 anos, ao sofrer um infarto fulminante em Paris, na França.

Perry Salles – Laio

Ex-marido de Vera Fischer, o ator viveu Mustafá na novela. Ele morreu em 17 de junho de 2009, aos 70 anos, vítima de câncer.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Aracy Cardoso – Flora

A atriz faleceu no dia 26 de dezembro de 2017, no Rio de Janeiro, aos 80 anos, vítima de uma infecção pulmonar.

Chico Tenreiro – Pinto

O ator morreu em 14 de março de 2012, aos 67 anos, vítima de câncer.

Ruth de Souza – Zezé

A atriz morreu em 28 de julho de 2019, aos 98 anos, no Rio de Janeiro (RJ), vítima de pneumonia.

Maria Alves – Carmem

A atriz morreu no dia 8 de maio de 2008, aos 60 anos, vítima de câncer.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Tony Ferreira – Delegado Hélio Seixas

O ator morreu em 12 de outubro de 1994, aos 51 anos, vítima de infecção generalizada, no Rio de Janeiro.

Walmor Chagas – Michel Lunardo

Um dos maiores atores da história da televisão, o ator cometeu suicídio aos 82 anos, com um tiro na cabeça, em 18 de janeiro de 2013.

Carlos Kroeber – Dr. Henrique

O ator morreu em 12 de junho de 1999, aos 64 anos, vítima de insuficiência respiratória e cardíaca.

Castro Gonzaga – Gilberto

O veterano ator morreu aos 89 anos, em 2 de outubro de 2007, devido a falência múltipla dos órgãos.

Francisco Milani – Efigênio

O ator e humorista morreu no dia 13 de agosto de 2005, aos 68 anos, vítima de edema pulmonar agudo, consequência de um câncer retal metastático.

Lícia Magna – Faxineira de Mercedes

Pioneira da televisão brasileira e própria Globo, Lícia Magna geralmente é lembrada por seus papeis em Carinhoso e Roque Santeiro, entre outros. Morreu em 3 de julho de 2007, aos 98 anos, vítima de falência cardíaca.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Lupe Gigliotti – Dona Severina

Irmã de Chico Anysio, a atriz e diretora morreu em 19 de dezembro de 2010, aos 84 anos, vítima de câncer de pulmão.

Rejane Goulart – Beatriz

A atriz, que foi eleita Miss Brasil em 1972, morreu em 26 de dezembro de 2013, aos 59 anos, em decorrência de um acidente vascular cerebral (AVC).

Rubens Corrêa – Terapeuta de Édipo

Consagrado ator e diretor de teatro, morreu em 22 de janeiro de 1996, aos 64 anos, vítima de complicações de saúde decorrentes da AIDS.

Yara Amaral – Mãe de Rafael

A atriz morreu em 31 de dezembro de 1988, aos 52 anos, no naufrágio do barco Bateau Mouche, na noite do réveillon de 1989, no Rio de Janeiro (RJ). Ela não sabia nadar. Sua mãe também morreu no mesmo acidente.



Deixe sua opinião


Leia também