Apresentadora ganhou de Xuxa, mas foi demitida após cortar o cabelo

Whatsapp

As crianças dos anos 1980 e 1990 curtiram muitos programas infantis conduzidos por apresentadoras como Xuxa, Mara Maravilha, Angélica e Simony, entre outras, que animavam as manhãs e tardes da meninada com brincadeiras e desenhos.

Como bom olheiro que é, Silvio Santos enxergou potencial em uma jovem cantora: Mariane Dombrova, então com apenas 15 anos, que estava dando seus primeiros passos na carreira.

Silvio Santos e Mariane

O animador se encantou com o talento da garota e a convidou para comandar o antigo programa de Simony, que preferiu buscar novos ares para sua carreira.

Leia mais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Assim, entrou no ar o programa Dó Ré Mi Fá Sol Lá Si com Mariane, que brincava com o lúdico por meio de brincadeiras e desenhos animados. Aos poucos, a jovem artista conquistou o carinho das crianças e ganhou um programa com o seu nome, deixando de lado as características da antiga atração.

Exibido no mesmo horário do Xou da Xuxa, da Globo, a atração começou a incomodar a loira global, até então absoluta na faixa. Muitas vezes, Mariane chegou a liderar a audiência, mostrando que tinha potencial e talento. A fase era tão boa que seu disco Ciranda vendeu 100 mil cópias no país.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Visual

Para aproveitar o bom momento, a apresentadora pediu mais investimentos para o seu programa, mas teve seu pedido negado pela direção do SBT, que alegou corte de custos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Mariane queria inovar de algum modo e decidiu mirar no visual: escondida e sem avisar os diretores do programa, foi ao salão de beleza com a sua mãe e cortou os longos cabelos ao estilo “Joãozinho”, o que pegou de surpresa a todos.

Inclusive, segundo Mariane, quando Silvio Santos a viu com o novo corte nos estúdios, ignorou totalmente sua presença.

Ela conduziu o programa normalmente por mais duas semanas e logo recebeu um telegrama bem no dia de seu aniversário: foi demitida do SBT. A emissora alegou que a grade de programação estava mudando, porém Mariane acredita que tudo isso foi por causa do corte de cabelo realizado sem consulta prévia com a direção da emissora.

Sem mágoa

Em entrevista ao UOL, ela disse que não tem raiva do ex-patrão.

“Causou muita repercussão na época. Falaram até que cortei porque peguei piolho das crianças. Fiquei muito triste. Mas tive que tocar minha vida. Foi quando percebi que as coisas não duram para sempre”, explicou.

Após a sua demissão, Mariane continuou sua carreira como cantora e, em 1994, voltou para a televisão como apresentadora da CNT.

Atualmente com 49 anos, ela ainda trabalha na carreira artística e também como mestre de cerimônias, além de ser sempre lembrada com muito carinho pelos adultos que acompanharam sua meteórica carreira no SBT.



Leia também