Apresentador do Jornal Nacional luta contra o coronavírus: “Vou tomar a medicação” - TV História

Apresentador do Jornal Nacional luta contra o coronavírus: “Vou tomar a medicação”

Whatsapp

Ayres Rocha, âncora do JAC2 e integrante do time de plantonistas do Jornal Nacional, foi afastado de suas funções na Globo após testar positivo para o novo coronavírus. Aos 57 anos, o jornalista usou a sua página oficial em uma rede social para contar aos seus fãs o seu estado de saúde.

“Muitas pessoas estão me perguntando porque eu não fui apresentar o jornal na segunda, e nem vou hoje, logicamente. Durante toda essa semana eu não vou estar lá, vou estar de licença, porque no domingo deu positivo o meu teste para a Covid-19”, contou o apresentador.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Na sequência da postagem, Rocha tentou acalmar os seus seguidores e contou que está bem, mas que irá tomar a medicação recomendada pelos médicos que o acompanham. “Agora é ficar em casa. Vou tomar toda a medicação, graças a Deus estou me sentindo bem, e se cuidem vocês. A gente não sabe onde pega, e agora é se cuidar para voltar”, concluiu.

Com quase 40 mil seguidores no Instagram, ele foi um dos âncoras mais bem avaliados pela cúpula da Globo no projeto que comemorou os 50 anos do Jornal Nacional, no ano passado. O acreano apresentou o noticiário pela primeira vez em 7 de setembro, e conquistou as redes sociais ao usar o noticiário para bradar que o Acre existe.

Em 2020, o jornalista apresentaria o Jornal Nacional em duas edições — a primeira seria em 21 de março. Semanas antes, porém, a emissora suspendeu indefinidamente o rodízio de profissionais de outros estados na bancada do telejornal mais visto do país, em virtude da então recém-declarada pandemia do novo coronavírus.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Ayres Rocha, que conquistou o carinho de William Bonner em sua passagem pelo Rio de Janeiro, é o terceiro apresentador do Jornal Nacional a testar positivo para a Covid-19. Antes deles, Marcelo Magno e Luana Borba foram contaminados pela doença e tiveram que se afastar de suas funções.



Leia também