Após mudanças, Globo decide quais novelas vai exibir em 2024

Emissora definiu as produções que pretende lançar ao longo do ano

Whatsapp

Com a estreia de Renascer, estrelada por nomes como Marcos Palmeira e Camila Morgado, a Globo deu início ao lançamento das novelas de 2024. A trama substituiu Terra e Paixão no horário nobre da emissora.

Leticia Colin em Onde Está Meu Coração
Leticia Colin em Onde Está Meu Coração

Mas as novidades não devem parar por aí. Agora as atenções se voltam para Mania de Você, novela de João Emanuel Carneiro que substitui Renascer e deve ter Letícia Colin como uma de suas protagonistas. A decisão pela trama de Carneiro se deu em meio a mudanças na fila das novelas das nove, já que havia um projeto de Ricardo Linhares e Maria Helena Nascimento engatilhado.

Além disso, a Globo já definiu outras três novelas que vão substituir as atuais produções ao longo do ano. Só falta definir qual será a novela que entrará na sequência da substituta de Fuzuê, no segundo semestre.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Fila das nove

Marcos Palmeira e Theresa Fonseca em Renascer
Marcos Palmeira e Theresa Fonseca em Renascer

Renascer, remake do clássico de Benedito Ruy Barbosa produzido em 1993, estreou nesta segunda-feira (22) na Globo. A adaptação, a cargo de Bruno Luperi, traz Humberto Carrão e Marcos Palmeira encarnando o protagonista José Inocêncio em duas fases da história.

Leia mais

A trama principal de Renascer gira em torno da relação entre Inocêncio e seu filho caçula, João Pedro (Juan Paiva). O patriarca rejeita o herdeiro porque seu grande amor, Maria Santa (Duda Santos), morreu no parto dele. Ao longo da trama, a rivalidade aumenta, já que ambos se envolvem com a mesma mulher, Mariana (Theresa Fonseca).

Após Renascer, a Globo lança Mania de Você (título provisório), de João Emanuel Carneiro. A trama gira em torno de Viola (provavelmente, Taís Araújo) e Luna, duas chefs de cozinha que têm certa rivalidade, mas acabam se unindo diante de um inimigo em comum.

Letícia Colin, Gabriel Leone, Fábio Assunção e Paolla Oliveira são alguns dos nomes cotados para o folhetim, que será dirigido por Carlos Araújo. A escolha pela volta de João Emanuel Carneiro tão cedo surpreendeu – ele acabou de assinar Todas as Flores (2022). Além disso, constava na fila das nove a novela O Grande Golpe, de Ricardo Linhares e Maria Helena Nascimento, que acabou cancelada.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Novidades às seis

Mar do Sertão - Débora Bloch
Débora Bloch como Deodora em Mar do Serão (Reprodução / Globo)

A Globo também já definiu quais serão as duas novelas das seis que serão lançadas este ano. Em 1º de abril, a emissora substitui Elas por Elas por No Rancho Fundo, trama escrita por Mário Teixeira que vai resgatar personagens de Mar do Sertão (2022) – como a vilã Deodora, vivida por Débora Bloch.

A novela gira em torno de Quinota (Larissa Bocchino), uma jovem do interior do Nordeste que é seduzida e enganada por Marcelo (ator não escalado), que foge após lhe prometer casamento. Furiosa, a mãe de Quinota, Zefa Leonel (Andrea Beltrão) vai com a filha à cidade grande em busca do safado. Lá, a mocinha acaba se apaixonando por Artur (Túlio Starling).

A próxima novela das seis chegará ao fim no segundo semestre de 2024. Sua substituta será Tutti Frutti (título provisório), escrita por Alessandra Poggi, autora de Além da Ilusão (2022). A promessa é um romance de época que se passa nos anos 1950.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Indefinição às sete

Arlete Salles caracterizada como Frida em Família é Tudo
Arlete Salles caracterizada como Frida em Família é Tudo (divulgação/Globo)

A Globo só não definiu ainda que novela será lançada às sete da noite no segundo semestre. Por enquanto, só está garantida a estreia de Família é Tudo, trama de Daniel Ortiz que substitui Fuzuê a partir de março. A emissora, inclusive, surpreendeu o público ao mudar o título da obra, que, a princípio, se chamaria A Vovó Sumiu.

A novela gira em torno de cinco irmãos por parte de pai que precisam se unir após o desaparecimento da avó deles, Frida (Arlete Salles). Dada como morta, ela deixa em testamento que os cinco precisam, juntos, erguer a gravadora da família. Se eles não conseguirem em um ano, a herança passa para o sobrinho Hans (Raphael Logam).

Família é Tudo chega ao fim no segundo semestre. Até aqui, a mais cotada para substituí-la é Conta Comigo, de Mauro Wilson, que chegou a ser anunciada pela Globo em evento ao mercado publicitário. No entanto, de acordo com informações de bastidores, a emissora ainda precisa avaliar os primeiros capítulos da obra para confirmar sua produção.

Claudia Souto, autora de Cara e Coragem (2022), e Maria Helena Nascimento, de Rock Story (2017), também têm projetos engatilhados. Sendo assim, caso Conta Comigo não seja confirmada, a substituta de Família é Tudo pode ser um destes dois novos projetos.

Whatsapp


Leia também