Ao lembrar Fernando Vannucci, Globo destaca pioneirismo na descontração - TV História

Ao lembrar Fernando Vannucci, Globo destaca pioneirismo na descontração

Whatsapp

No decorrer desta quarta-feira (25), diversos programas da Globo prestaram homenagens ao jornalista Fernando Vannucci. Em quase todas as reportagens e menções, foi dado destaque ao seu pioneirismo ao fazer um jornalismo descontraído.

A versão paulista do Globo Esporte, comandada por Felipe Andreoli, começou com um mix de escaladas apresentadas pelo jornalista, seguida de uma vinheta antiga. Em seguida, o atual titular concedeu um depoimento.

“Alô você. Essa é a abertura do Globo Esporte quando eu assistia – almoçando antes de ir para a escola – você, Fernando Vannucci. Muito obrigado pelo lindo caminho que você abriu e trilhou para as gerações seguintes. A gente aprendeu demais com seu estilo, sua descontração. Este GE é para você”, dedicou.

Assista ao momento:

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O pioneiro na descontração

Bem antes de Tiago Leifert – que, em 2009, aboliu o TP e fez um estrondoso sucesso ao mudar a linha editorial do GE – Fernando Vannucci foi o pioneiro em inserir doses de descontração na cobertura esportiva.

Esse ineditismo foi relembrado pela reportagem de Eric Faria, que encerrou a edição. “Para muita gente, de várias gerações, Fernando Vannucci foi o cara que falava de esportes com um jeitão próprio e, acima de tudo, mostrava os gols para os brasileiros. Essa narração descontraída, com frases marcantes, atravessou décadas e deixou um legado: o selo da diversão segue no nosso DNA”.

Tadeu Schimidt, apresentador do Fantástico, lembrou que o jornalista se tornou uma referência no que diz respeito a transmitir as notícias com leveza e bom-humor.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Versatilidade e lembranças de colegas

A reportagem também relembrou que, pela Globo, ele cobriu seis Copas do Mundo e cinco olimpíadas, além de destacar sua versatilidade nas transmissões de Carnaval.

Na despedida do “jornalista que fazia o telespectador sorrir”, também foram exibidos depoimentos de Galvão Bueno, Cléber Machado e Leo Batista, com quem Fernando dividiu a bancada algumas vezes.

Quem também reapareceu na tela da emissora foi Mylena Ciribelli, atualmente contratada da Record. “Foram oito anos trabalhando juntos, apresentando o Globo Esporte, Esporte Espetacular. Muitas esquetes que fizemos, a gente se divertia mais do que todo mundo”, recordou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


Outras homenagens

A morte de Fernando Vanucci também foi lembrada no Bom Dia Brasil. Ana Paula Araújo destacou, ao lado de Carol Barcellos, que o esporte se despediu de um dos apresentadores mais marcantes da TV Brasileira. “Que tristeza. Nossa solidariedade para a família e amigos”, resumiu.

Mais tarde, Fátima Bernardes também se manifestou no Encontro. “Eu tive a oportunidade de trabalhar com o Vannucci em diversas ocasiões – Copa do Mundo, Olimpíadas e Carnaval – e era muito impressionante o talento que ele tinha para deixar tudo muito feliz Até se fosse um joguinho de peteca com ele ficava animado, finalizou.

Sobre o autor

Piero Vergílio é jornalista profissional desde 2006. Já escreveu sobre diversos temas, mas há algum tempo, tem se dedicado ao que realmente gosta: trazer notícias sobre o universo da televisão. No Twitter, interage com outros fãs do veículo no perfil @jornalistavetv. Agora, sua história se cruza com a do TV História.



Leia também