Antes de partir, musa da Globo revelou que era humilhada pela mãe

Estrela que participou de Elas por Elas revelou trauma com a mãe

Whatsapp

Um dos nomes que marcaram presença na primeira versão de Elas por Elas foi Mila Moreira. Na trama de Cassiano Gabus Mendes escrita em 1982, ela deu vida a Marlene, o equivalente a Carol do remake exibido atualmente pela Globo na faixa das seis.

Mila Moreira em Anjo Mau
Mila Moreira em Anjo Mau (Reprodução / Web)

A atriz fez grande sucesso na televisão, marcando presença em tramas como Plumas e Paetês (1980), Bambolê (1987), A Próxima Vítima (1995), entre tantas outras. Mas dentro de casa a história era diferente…

A mãe da atriz era a sua maior crítica e atribuía seu sucesso à pura sorte. Muito por conta disso, Mila Moreira não gostava de ser chamada de ex-modelo.

“Minha mãe era péssima nesse sentido e botava meu pé no chão o tempo todo. Fazia questão de dizer que eu não tinha talento para o que fazia, mas apenas sorte. De um lado, ficava muito mal com isso. De outro, nunca nada me subiu à cabeça”, contou em 2016 ao jornal O Globo.

Leia mais

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Ex-modelo, não!

Mila Moreira e Sandra Bréa
Mila Moreira e Sandra Bréa

Nascida Marilda Moreira da Silva, a artista nunca gostou do nome e resolveu escolher outro, retirado de um livro. Começou na carreira como modelo e, quando percebeu, já estava na televisão.

Foram mais de dez anos se dedicando às passarelas. Um tempo até pequeno se considerado os seus mais de 40 anos de vida artística. E ai de quem a chamasse de manequim aposentada; ela ficava bastante irritada.

“Fico mais chateada quando falam que sou ex-modelo. Sabe há quanto tempo não piso numa passarela? 37 anos! Fui modelo durante 11, 12 anos e tenho que carregar isso para o resto da vida”, disse.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Só papéis de rica

Mila Moreira em Corpo a Corpo
Mila Moreira em Corpo a Corpo

Logo depois da vida modelando e estampando capas de revistas, Mila caiu de paraquedas nas novelas.

Tudo começou após ela ser convidada pelo falecido Cassiano Gabus Mendes para estrelar a sua Marrom Glacê, em 1979. O escritor a viu em uma participação no programa do Chacrinha, em que substituía um dos jurados da histórica atração: “Desde então, sou atriz”, contou Mila.

Mas ela reclamava que, apesar de ter emplacado outras novelas e se consolidado como atriz, apenas era chamada para interpretar mulheres distintas, elegantes e que nadavam na grana.

“Sei fazer a pobre, mas não me deixam. Tenho cara de rica, mas isso eu nunca fui”, desabafou.

 

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Falecimento de Mila Moreira

Mila Moreira
Mila Moreira (Reprodução / Web)

O último papel de Mila Moreira nos folhetins foi no mesmo ano da entrevista, em A Lei do Amor (2016). A atriz morreu em 6 de dezembro de 2021, vítima de uma parada cardíaca.

Ela, que ainda era apresentadora, escritora, jornalista, psicóloga e empresária, se destacou por participar de tramas como Plumas e Paetês, Elas por Elas (1982), Que Rei Sou Eu (1989), Meu Bem, Meu Mal (1990), Fera Ferida (1995), A Indomada (1997), Anjo Mau (1997), dentre outras.

Whatsapp


Leia também