Algemas da Paixão: romance transformou segundo BBB em novela mexicana - TV História

Algemas da Paixão: romance transformou segundo BBB em novela mexicana

Whatsapp

Muita gente costuma comparar o BBB com uma novela. Quando existem bons mocinhos e, principalmente, excelentes vilões, a temporada engrena. No entanto, além das artimanhas envolvendo votações e paredões, algumas paixões já movimentaram a casa mais vigiada do Brasil.

O primeiro BBB, entre janeiro e março de 2002, foi fraco no quesito romance, com a formação do primeiro casal da história do programa, entre Kléber Bambam e Xaiane, que durou pouco, e Sérgio e Vanessa.

Mas o segundo BBB, o único realizado no meio do ano, também em 2002, acabou se transformando numa autêntica novela mexicana.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE


O romance entre Thyrso e Manuela movimentou o reality de tal forma que foi criado um quadro que satirizava as produções da Televisa. O público esperava a hora de Algemas da Paixão para conferir as novidades do insistente rapaz para conquistar sua amada.

O chef de cozinha acabou se tornando uma gíria na época, para designar um sujeito insistente, como destacou a mídia na época. “Não é exatamente um elogio: thyrso, com letra minúscula, qualifica aquela turma que não tem medo de ser sincera demais, melosa demais, insistente demais. Desde que seja por um grande amor”, enfatizou o jornal O Globo em 7 de julho de 2002.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Chamado de mala e comparado a um bebê chorão, Thyrso tem o apoio da família”, destacou a Folha de S.Paulo em 23 de junho de 2002. “A TV mostra o que quer, edita só 15 minutos. Mas ele não namora o dia inteiro: vai nadar, cozinhar. Nunca esteve tão bronzeado na vida. Os outros reclamam dos temperos que ele comprou, mas na hora de comer, comem”, reclamou a mãe do rapaz, Cecília Mattos. “A Manuela dá corda. Quando ele não vai atrás, ela sempre dá um jeito de beijar ou abraçar”, completou.

Thyrso acabou sendo o 9º eliminado do programa, em 16 de julho de 2002; enquanto Manuela chegou à final, perdendo a disputa para o caubói Roddrigo Leonel – ela recebeu 35% dos votos, enquanto ele ficou com 65%.

As cenas do romance dominaram os vídeos exibidos na final e todo mundo queria saber o que aconteceria quando Manuela saísse da casa.

Thyrso estava chateado, porque acabou vendo, quando deixou o reality, cenas de Manuela flertando com Fabrício, outro confinado da edição. “Meu coração bateu mais forte do que quando estava no paredão. Ela dizia ser mulher de um homem só”, disse o chef à revista Istoé Gente de 29 de julho de 2002.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

“Estou muito chateado. Ela vai ter que correr atrás de mim agora para conversarmos e recuperar minha confiança nela”, disse antes da final.

Mas tudo mudou quando ela deixou a casa. “Enquanto a estudante carioca, ainda dentro da casa do Big Brother, reafirmava seu amor, o cozinheiro paulista se mostrava reticente. “Eu te amo!”, gritava ela. “Vamos conversar aqui fora”, rebatia ele. Após o resultado que deu a Manuela o segundo lugar, ela correu para os braços de Thyrso. Ele retribuiu com um longo abraço, um beijo e palavras no pé do ouvido”, explicou a reportagem.

No entanto, o romance não durou muito tempo após o BBB2 e cada um seguiu o seu caminho. Hoje, Manuela é doutora em filosofia, enquanto Thyrso se casou com Fernanda Gonçalves e tem duas filhas.



Leia também