Adriane Galisteu abre o jogo sobre saúde da mãe: “Desesperada”

A apresentadora da Record falou sobre a mulher mais importante de sua vida

Whatsapp

Adriane Galisteu tem se mostrado cada vez mais preocupada com a saúde da mãe, Ema Galisteu, que nos últimos anos vem enfrentando problemas de mobilidade e esquecimento.

Adriane Galisteu ao lado da mãe, dona Ema
Adriane Galisteu ao lado da mãe, dona Ema (reprodução)

A apresentadora da Record desabafou no último dia 31 de dezembro que a genitora precisa cada vez mais de cuidados específicos e o quanto isso dói nela como filha.

“Eu falo e dou risada, mas fico com o coração na mão de ver a dona Ema andando toda atrapalhada, toda devagar, se atrapalhando nas ideias” disse a âncora de A Fazenda nos stories de seu Instagram. “Não é fácil, fico desesperada”, completou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

O que aconteceu com a mãe de Adriane Galisteu?

A loira ainda compartilhou o quão difícil está sendo perceber que a mãe, que sempre foi forte, decidida e uma grande companheira, está agindo agora como se fosse sua filha.

Leia mais

“Como é difícil ver quem a gente ama envelhecer, é difícil vermos o tempo passar. Minha mãe sempre foi tão ativa, viajava comigo… Vocês sabem do que estou falando. Sempre me acompanhou, escolhia meu look, adorava viver esse momento, e agora estou vendo ela tão diferente”, lamentou a artista.

“Eu ainda a carrego, mas eu é que preciso fazer esse movimento, senão ela fica parada o dia inteiro olhando para a parede. É uma luta quem tem idoso em casa”, afirmou.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como foi Adriane Galisteu na infância?

 

Ainda no ano passado, Galisteu havia falado sobre Ema e a criação que recebeu dela, recordando os tempos de criança ao lado da mãe e do irmão falecido.

“Ela sempre foi durona, o chinelo voava. Apanhei à beça. Meu irmão fazia, apanhava eu e ele. Lá em casa não tinha essa… apanhava os dois”, comentou.

“Ela era brava, ela nunca foi do beijo e do abraço. Eu falo pra ela: ‘beija o Vittorio, mãe. Aproveita, abraça’. Ela fala ‘não’”, contou à Caras em oito de setembro de 2023.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Como é a relação de Adriane Galisteu e a sua mãe?

Apesar da criação mais fechada, herança talvez de sua etnia húngara, Adriane citou que a mãe tem a sua forma própria de demonstrar carinho.

“Ela é a que dá o dinheiro escondido, o doce escondido, que vê o filme junto, que acompanha, liga 20 vezes porque quer saber cada detalhe. É cheia de amor pra dar, mas não expressa desse jeito [com carinho físico]”, detalhou.

“A gente sempre se deu bem, mas eu entendendo as regras dela. Como meu irmão passou por muitos problemas, ela acabou se dedicando mais a ele (…) quando ele morreu, metade da minha mãe foi embora e nunca mais voltou”, refletiu Galisteu.

Whatsapp


Leia também