Morte súbita: o que aconteceu com Chris Pitsch, a Bárbara de A Viagem?

Whatsapp

A Viagem, exibida em 1994 pela Rede Globo e que volta no canal Viva a partir desta segunda (21), foi a única novela de Chris Pitsch.

Na trama de Ivani Ribeiro, ela viveu Bárbara, funcionária da videolocadora de Diná (Christiane Torloni) e cantora de uma banda.

Christiane Pagliuca Tedd nasceu em 5 de agosto de 1971, na capital paulista. A promissora atriz iniciou sua carreira artística ainda criança, no teatro.

No entanto, em 1985, aos 14 anos, ela foi diagnosticada com cardiopatia congênita, o que acabaria causando sua prematura morte alguns anos depois.

De acordo com o site do Hospital São Matheus, “cardiopatia congênita é qualquer anormalidade na estrutura ou função do coração que surge nas primeiras oito semanas de gestação quando se forma o coração do bebê. Ocorre por uma alteração no desenvolvimento embrionário da estrutura cardíaca, mesmo que descoberto no nascimento ou anos mais tarde”.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Morte súbita

Um ano depois do final das gravações de A Viagem, em 20 de outubro de 1995, Chris sofreu um infarto fulminante e morreu aos 24 anos.

CONTINUA DEPOIS DA PUBLICIDADE

Na época, ela vivia com o namorado Beto Pitsch, de quem emprestou o sobrenome artístico. Estava em casa, no bairro de Botafogo, no Rio de Janeiro (RJ), vendo televisão ao lado do amado, quando passou mal e teve morte súbita.

Seu corpo foi cremado e as cinzas foram jogadas nas pedras do Arpoador, na capital fluminense.



Leia também